Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

4 ESQUINAS

BLOG ONDE SE PODE E DEVE FALAR DE TUDO (SOBRETUDO O INTERESSANTE)



Terça-feira, 21.01.20

REAÇÃO NÃO É AÇÃO

No mês que fechou o ano de 2019, Castro Daire, infelizmente, foi consternada por algumas tragédias. Quando estas acontecem, não se deve ficar eternamente a lamentá-las, mas sim encará-las de frente de forma a resolvê-las no mais curto espaço de tempo. Quando digo resolvê-las, não me refiro a falar sobre as mesmas ou a atirar culpas para terceiros para justificar a nossa inoperância.

No caso da derrocada ocorrida na EN 2, temos assistido nos últimos dias em termos políticos a situações dispares sobre o assunto.

A saber:

A CDU, coligação onde se inclui os verdes, foram céleres a acusar o executivo municipal, aquando do abate de algumas árvores na Av. Francisco Sá Carneiro, mas sobre o assunto EN 2 o silencio é total. Porque será? Não serão utentes da referida via? Ou estarão em hibernação?

O PS, não teceu qualquer comentário sobre o assunto. Porque terá sido? Na minha opinião duas explicações o justificam: Falta de coragem política e subserviência ao poder político instalado.

O PSD, partido no poder fez, sobre este caso, é a mesma coisa que tem feito sobre a EN 225, isto é, afirmam que a estrada não é de responsabilidade camarária. Mas quando acontece qualquer coisa de bom, tais como uma AAP feita por estudantes da Universidade de Coimbra ou outra qualquer coisa aparecem sorridentes para a foto como que assumindo a sua paternidade. Caraterística típica de pessoas que não têm a mínima noção da diferença entre ser chefe ou ser líder. Esses mesmos chefes, que fornecem como alternativa à estrada interditada a A 24, esquecendo-se que somos um Concelho pobre, habitado por gente pobre, a grande maioria trabalhadores por conta de outrem, que têm os seus empregos na sede do Concelho, e que para duas passagens por dia no troço Termas do Carvalhal/Castro Daire terão que desembolsar 1,30 €, dinheiro esse, que terá de ser tirado do seu já magro salário.

O CDS foi o único que conseguiu que se fizesse algo. Alertou a opinião publica que o fecho da estrada já se prolonga por 1 mês e chamou a atenção para o facto de o Município não ter dado aos utentes alternativa viável, exigindo que o mesmo intercedesse junto do governo de forma a que seja abolido o pórtico das Termas do Carvalhal.

Perante toda esta situação, o executivo municipal, os tais “chefes” vieram, logo a correr dizer e passo a citar:

 “O Município de Castro Daire tem vindo a tomar todas as diligências possíveis no sentido de normalizar o fluxo de tráfego na Estrada Nacional 2, entre a Ponte Pedrinha e o Vale de Azia”.

“Paralelamente, o Município de Castro Daire pediu, com carácter de urgência, uma reunião ao Sr. Ministro das Infraestruturas e Habitação, tendo solicitado, desde logo, que o Pórtico da A24, situado entre as Termas do Carvalhal e Castro Daire, ficasse isento de pagamento pelo período em que a EN2 estiver encerrada, por se tratar da alternativa mais viável. No entanto, após várias insistências, continuamos a aguardar a resposta e a marcação da reunião por parte do Exmo. Senhor Ministro”.

“Conscientes da importância desta Estrada, não só em termos de tráfego, mas também em termos turísticos e de impacto económico, o Município continuará a encetar todos os esforços para a resolução deste problema”.

Depois de tudo isto teremos que concluir que o executivo PSD só se movimentou depois do CDS fazer ouvir a sua voz.

Que o executivo PSD não se preocupa com os munícipes no geral, e em particular com os utilizadores da EN 2.

Que o executivo PSD não teria reagido se o CDS não tivesse alertado o facto.

Que o executivo PSD não age. Reage. Utiliza “navegação à vista”.

 Provavelmente, se a EN2 se tratasse do IP 3, via que diretamente nada nos diz, o máximo responsável da autarquia Castrense teria sido rápido a aparecer junto dos seus colegas da CIM a reivindicar a abertura da via.

Perante este e outros factos em que o CDS tem de forma assertiva, marcado a diferença, aguardo com especial atenção os dias que se seguem e principalmente, as próximas eleições autárquicas, pois creio que pelas vozes emergentes que têm surgido e da forma empenhada e desprendida, de qualquer vantagem pessoal, com que o CDS tem defendido Castro Daire e os seus habitantes poderá, agitar bastante a política e os políticos Castrenses.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé da Esquina às 08:09


62 comentários

De Anónimo a 05.02.2020 às 20:00

Tentar fazer uma festa depois de ter morrido uma pessoa
Que executivo triste

De Anónimo a 06.02.2020 às 08:45

As peneiras falam sempre mais alto .Estão-se a lixar para quem perdeu a vida por causa de uma má decisão deles.
Ainda anda cansado do trabalho que a tragédia lhe causou!

Ou foi porque não puderam vir elogiar as toilettes que usa?
Se estava bonito,ou cima de um tijolo para ficar mais alto que os demais na tv?

ESta gente é campeã do ridículo em todos os aspectos.

De Perguntão a 04.02.2020 às 14:47

Oh Zé isto já são aguas passadas?
Diz lá o que achaste da conferência de imprensa do Presidente da Câmara e da sua capacidade de prontamente obter a isenção de portagens!
Não achas que ele é mesmo muito importante para sem mexer uma palha conseguir que seja o Secretário de Estado, de forma rápida - só passaram 44 dias - lhe comunique a isenção de portagem na A24?
Não acha porreiro que ele anuncie a isenção e que no dia seguinte nós continuemos a pagar?

De Anónimo a 04.02.2020 às 17:18

O mulhelha depois vai-nos devolver o dinheiro em forma de cartão.

Vai acontecer perto das eleições.

De FACEBOOK DO CDS a 03.02.2020 às 22:43

«46 DIAS SEM N2 E SEM ISENÇÃO DE PÓRTICOS NA A24
Parabéns Castro Daire, a vitória é nossa! RESTA SABER QUANDO DEIXAMOS DE PAGAR
Da conferência de imprensa realizada, hoje (03-02-2020) resultou uma boa notícia: finalmente, a A24 será uma alternativa, segura e sem custos, ao encerramento da N2. Foi anunciada a isenção de portagens no troço Termas do Carvalhal – Castro Daire. FALTA SABER QUANDO É QUE TAL ISENÇÃO SE TORNA EFECTIVA.
O #CDSCastro Daire esteve na conferência de imprensa. Esteve porque a obtenção de isenção de portagem era uma exigência nossa! Esteve porque a questão era importante para a nossa única prioridade: o Concelho! Só não apareceu na fotografia, porque não é isso que nos move. PREFERIMOS FAZER, DEIXAMOS O PAPEL DE QUEM FINGE FAZ PARA OUTROS.»

De Anónimo a 03.02.2020 às 14:48

Grande vitória que o executivo municipal alcançou, isenção do pórtico das Termas do Carvalhal durante o tempo em que a Nacional 2 estiver interdita....
Não será um pouco tarde demais para se vangloriarem deste feito?
Deveria ter sido logo de imediato...

De Anónimo a 03.02.2020 às 17:01

Graças ao cds...

De Anónimo a 03.02.2020 às 18:54

Estão a recolher os frutos do que não plantaram.

Como em todo este tempo nada fizeram isto soube-lhes a uma vitória....tão pouquinho!!!!

Parece que escalaram os Himalaias.

De Um Português a 03.02.2020 às 23:20

Um pouco tarde para se vangloriarem e um pouco cedo também. Pelo que li, não está ainda implementado nem ninguém com autoridade para tal disse quando estará. Falta o aval do ministro esquerda-caviar dos faits divers Pedro N. Santos.

De Anónimo a 01.02.2020 às 13:58

Novidade de fim de semana, hoje acordei com uma informação dramática, então o município aluga instrumentos musicais a preços elevados para uma orquestra? Quem ganha com tudo isto? Qual a empresa do concelho que fornece os referidos instrumentos? será o mestre que recebe alguns ordenados chorudos do município ou a sua compatriota blandbrucha, que até está como responsável máximo da financeira, dá para tudo.

De Anónimo a 01.02.2020 às 18:07

E a fotocopiadora das piscinas? Sabem onde foi que parar?

De Anónimo a 02.02.2020 às 10:00

Se calhar foi alugada como os instrumentos musicais.

De Anónimo a 02.02.2020 às 16:26

Procurem no ensaio da banda de castro daire. É lá que deve estar.

De Domesticador de cornudos a 16.02.2020 às 02:36

Vá deixem lá estar a impressora quietinha na sala de ensaio da banda pois é precisa e está paga e com faturas ... Avisem é outros para se irem preocupando a procurar e arranjar documentos pois está aí a chegar às inspeções.....

De Anónimo a 02.02.2020 às 09:47

Aluga?! Aluga não. Segundo parece, compra. E já pararam para ver quem são a maioria dos elementos da dita "orquestra" e donde eles veem? Veem de banda dos especialistas, como parece que lhes chamam. E os instrumentos da dita "orquestra" são usados por eles na banda dos especialistas. Agora perguntem: quem é o maestro da "orquestra"? Quem é o maestro dos especialistas? Quem é a presidente da banda dos especialistas? Quem é a responsável financeira da câmara municipal? Para além da "orquestra" e da banda dos especialistas, em que instituição presta igualmente serviço o tal maestro? E quem tem também responsabilidade nessa mesma instituição?
Que promiscuidade. De facto vale tudo. E depois tentam mascarar tudo isto, como se nada se passasse.
À custa do orçamento municipal está a banda dos bombeiros especialistas a ficar com instrumentos novos, a coberto da dita orquestra, e quem os escolhe é o maestro, que é maestro das duas e a receber de todos os lados. Só lucro. E tudo abençoado e apadrinhado pela Blandrucha.
Pelo que sei esses instrumentos são de um projeto do agrupamento de escolas. Porque razão os responsáveis do Município autorizam isto? Não tem conhecimento? Ou é a banda dos bombeiros especialistas "especial"? As outras não tem direito a usar esses instrumentos? E, se é verdade o que se comenta na rua, vai a banda dos bombeiros especialistas receber 20000€ da câmara municipal. Até nisto o atual executivo municipal descrimina as instituições, e neste caso em especial as bandas. Os responsáveis políticos de câmara que investiguem isto e se alguém não anda a "encher os bolsos" á custa de tudo isto. Tenham vergonha e sejam sérios.

De Anónimo a 02.02.2020 às 11:59

Estão tão habituados a "funcionar "assim que pensam que é normal.
E nós a pagar, pela falta de responsabilidade,de quem está à frente
das instituições.

De Anónimo a 03.02.2020 às 22:34

Muito me espanta as outras bandas estarem caladas. O que será que se passa? Será que já estão "compradas" e ninguém sabe?

De A sério (facebook do CDS Castro Daire) a 01.02.2020 às 13:44

«44 DIAS SEM NACIONAL 2 E SEM ISENÇÃO DE PORTAGENS NA A24
Assim vai o respeito pelas populações.

CDS-PP: «Nas localidades de Lamas e de Custilhão, o abastecimento de água ocorria com o recurso a duas nascentes locais. Tivemos conhecimento de que o Município deixou de as usar, retirando agora água de rios. Qual a razão? Se essa razão for de ordem de saúde pública, porque é que tal não foi informado publicamente?»

Vice-Presidente de Câmara: «No caso de Lamas, foram encontradas concentrações de radão (gás radiativo presente no granito), o que determinou o não uso da nascente e o recurso à captação de água do Rio Paiva. No caso do Custilhão, há vários anos que o recurso à nascente não existe. No concelho, existia ainda o caso de Ribas, cujas nascentes apresentavam concentrações de arsénio (elemento químico toxico) o que determinou o seu não uso e o abastecimento diário, pelos meios móveis do Município.»

Trata-se de um assunto sério, com implicações na saúde pública. Não deveria ser uma preocupação dá-lo a conhecer aos castrenses?

Reunião da Câmara Municipal de Castro Daire, 23/01/2020 – Questões colocadas pelo #CDSCastroDaire»

De Anónimo a 29.01.2020 às 18:28

O autor deste comentário, um tal R….o, tem toda a razão no que escreve e tiro-lhe o chapéu pela forma como o fez, no entanto talvez por desconhecimento ou para não tornar o comentário muito longo esqueceu-se de, entre outras coisas, dizer o seguinte.
Existem 2 funcionários no sector de águas ou electricidade ou lá o que fazem, eu acho que só passeiam e gastam combustível, que recebem todos os meses horas extraordinários supostamente por trabalharem ao fim de semana, o que na realidade não acontece. Ninguém vê nada. Um tapado qualquer analfabeto assina de cruz e confirma a veracidade das mesmas.
Por vezes, como ainda recentemente, acontecem avarias “cirúrgicas” para que um amigo receba horas extraordinárias. Nem sempre corre bem, como foi este fim de semana.
Continua em próximos episódios, pois muitas mais coisas haverá para desmascarar.

De Anónimo a 30.01.2020 às 10:39

se fossem só estes.!!!
isto é crónico ,não hà medicamento para a cura.
não é o timming certo para andar a chamar a atenção aos irresponsáveis.
quem é que ia votar no mulhelha?
é de lá de dentro que vêm as maiores criticas ao peneirento de Viseu.

De Anónimo a 29.01.2020 às 16:11

Tenho lido com alguma atenção os diversos comentários e post`s neste blog apresentados há alguns anos.
Muito me admira quando um executivo, "emprenhou pelos ouvidos" com assuntos relacionados com o armazém/ oficina.
Um/s responsável /eis pela oficina reparavam as viaturas onde e sempre com a autorização de um politico ou do chefe de divisão.
O fiel de armazém sempre elaborou as propostas de realização de despesa e as dava a assinar ao chefe de divisão, como orientação superior.
As peças e consumíveis sempre foram compradas nos fornecedores que apresentavam os valores mais baixos para a mercadoria com as especificações solicitadas.
Dois anos passados este executivo, que só confia em duas pessoas no referido armazém/ oficina, está a adquirir peças, consumíveis e serviços praticamente nos mesmos fornecedores, só com um agravante, aumentou á lista de fornecedores, os amigos e os familiares.
As pedras serradas que servem para capear muros, estão a ser fornecidas por um Sr. de Cujó. Será que tem melhor preço do que as Fábricas da Zona Industrial da Cela?
Um exemplo entre milhares, sim milhares.
Tudo o que é comprado hoje tem dois ou três orçamentos como tinha anteriormente?
Foi muito fácil acusar A e B de serem isto e aquilo, fazerem isto e aquilo mas dois anos passados ainda não vi fazer melhor e mais honesto do que era feito.
Para abono da verdade se houve ou há duvidas sobre a seriedade dos funcionários em questão, porque este executivo não os confrontou ou confronta com a situação? Tanto quanto sei, evitam falar, não há disponibilidade de tempo...
“À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta”

De Anónimo a 29.01.2020 às 17:41

É raro encontrar alguém que defende o interesse público.
Parabéns!

De Anónimo a 29.01.2020 às 10:37

As coisas estão a mudar, o Arnesto já aparece nas fotografias com o Peneirento....

De Je suis Arnesto a 29.01.2020 às 13:44

Não mudaram nada… Mas o vereador não eleito que se cuide, com o Arnesto no campo, ele já foi de vela… eheheh

De Eles voltam à carga a 28.01.2020 às 16:31

Ainda sobre supervisão de obras e respeito pelo dinheiro público.
CDS-PP: «Na ligação entre Soutelo-N2 recentemente intervencionada foi colocado um tapete ondulado. Existe alguma razão para tal ou é uma inovação técnica (quiçá) anti-sono, deste Município?»
Vice-Presidente da Câmara: «Há que compreender que o equipamento municipal não é novo.»
CDS-PP: «No parque de estacionamento criado recentemente junto ao Jardim do Calvário, nascem plantas no tapete colocado. Existe alguma razão para tal ou é uma inovação castrense destinada a diminuir os efeitos do impacto no alcatrão no solo?»
Vice-Presidente da Câmara: «Há que perceber que o piso de alcatrão não é completamente impermeável, sendo possível que, nele, surjam plantas.»
Porquê adquirir meios em segunda, terceira ou quarta mão? Porquê apostar em meios claramente desadequados às nossas necessidades? Porquê manter uma clara incompetência na supervisão dos trabalhos?
Reunião da Câmara Municipal de Castro Daire, 23/01/2020 – Questões colocadas pelo #CDSCastroDaire

De Anónimo a 28.01.2020 às 17:14


Como da sede da câmara até ao calvário, há uma distância considerável que as pessoas importantes não podem percorrer a pé ,e de carro poluente muito menos.Mas quando tiverem os carros amigos do ambiente não vai faltar supervisão.
Não é por acaso que vão ficar na estória do burgo como o executivo visionário.

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Calendário


Posts mais comentados


Farmácias de Serviço