Terça-feira, 19 de Agosto de 2014

DE RECURSO EM RECURSO... QUEM PAGA?

Devem as Instituições ser governadas servindo as mesmas ou servindo-se das mesmas?

Consultem o link abaixo e tirem as vossas conclusões.

 

http://www.dgsi.pt/jtrp.nsf/56a6e7121657f91e80257cda00381fdf/3ee248200045b96a80257d09004944f5?OpenDocument

 

Zé da Esquina

publicado por Zé da Esquina às 20:46
link do post | comentar | favorito
30 comentários:
De opinião a 12 de Setembro de 2014 às 18:35
festa das colheitas!!!
Sugestão : 2 dias são suficientes para: MOSTRAR O QUE DE MELHOR TEMOS NO CONCELHO.
- sábado -FEIRA de produtos agrícolas( excedentes dos pequenos agricultores), mostra de GASTRONOMIA LOCAL e CONCURSO do melhor bolo podre de Castro Daire, mostra de ARTESÃOS( existem muitos no concelho e que não são conhecidos do público: pedra, barro, artigos decorativos de madeira),ANIMAÇÃO: grupos de música popular do concelho, tunas, ranchos folclóricos, bandas de música, cantares ao desafio.
- domingo - mostra e concurso de gado bovino e caprino, desfile de carros de bois, gastronomia local.
A festa deve apenas e só promover o concelho.


De joão a 15 de Setembro de 2014 às 16:56
apoiado!


De Anónimo a 15 de Setembro de 2014 às 18:30
Também acho, fazem festas demais com o nosso dinheiro!


De geminação a 7 de Setembro de 2014 às 13:23
Como natural de C.Daire e residente em Zermatt até me sinto embaraçado com a visita de um dos representantes do municipio de Zermat ao nosso desperdiçador de recursos de municipio. Se efectivamente existir algum género de intercâmbio seria de grande utilidade que seguissem os exemplos de rigor, seriedade e profissionalismo dos suiços. Em qualquer país de língua alemã os funcionários públicos são os que têm as maiores capacidades, não se trata de cunhas como aqui. Assim sendo, os funcionários públicos são apenas os necessários e capacitados para a função. Pergunto-me se a grande quantidade de funcionários públicos em c.daire é porque há muitos padrinhos e cunhas ou se os funcionarios são tão incapazes que são precisos ao menos 20 para fazer o equivalente a um funcionário publico alemão (ou suiço), e mesmo assim ainda continuam a admitir mais!!! Os autarcas devem dar provas de mérito , ao invés de se aproveitar da ignorância da plebe e falsas promessas para se fazer eleger.
Agora a ver se os suiços não partem uma perna quando passarem nos buracos da av. 25 de abril ou sá carneiro e voltem para aqui de muletas!!
Por fim, estou intrigado com a dialogação entre os 2 presidentes, o autarca d c.daire só sabe falar português. Quer dizer, português como quem diz... Em Zermatt fala-se alemão, ao contrário do sr.carneiro que pensa que é uma espécie de italiano aportuguesado.


De Anónimo a 11 de Setembro de 2014 às 17:42
Finalmente, por estes dias, podem ver-se os inúmeros funcionários camarários a trabalhar. Tem sido uma azáfama a limpar ruas e a cortar mato! O que não faz uma visita estrangeira. Abençoados suiços! Já deve ter sido a contar com esta "carga de trabalho" que se contratou o batalhão de gente que a Câmara Mun. de Castro Daire tem. Tenho é curiosidade em saber quem é que paga as festarolas todas dos últimos tempos, num concelho que não produz praticamente riqueza alguma, e em que toda a gente sabe (basta falar com os comerciantes locais) que os negócios existentes, na sua maioria, vão muito mal. Irá o elenco camarário recorrer ao fundo de ajuda extraordinária? Ou há alguma fonte de receita escondida/menos clara?...


De PERGUNTO EU a 12 de Setembro de 2014 às 09:40
Será essa fonte de receita menos clara que vai fazer perder o mandato ao Fernando Carneiro? Serão os funcionários a mais? serão as obras feitas há pressa nas vésperas das eleições? ou será tudo isto uma grande aldrabice?
VAMOS LÁ PESSOAL O POVO ESTÁ ESPERANDO


De Cusco a 3 de Setembro de 2014 às 16:49
e já agora que estamos a falar da santa casa da misericórdia, vai haver eleições em dezembro. quem é que vao ser os candidatos?


De Anónimo a 6 de Setembro de 2014 às 12:52
O Sr. Bruno Ribeiro vai apresentar uma lista. Assim, aquando for probedor já ningem lhe consulta o estrato. ESTRATO é da autoria dele," vejam o texto que ele escreveu,!
Com este ilustre funcionário ,elevado a provedor está-se bem.


De Anónimo a 17 de Setembro de 2014 às 17:54
Creio que não é preciso pensar muito para saber!
Não se preocupe amigo que a campanha eleitoral já começou! Não se deu ainda conta disso?


De iatura a 31 de Agosto de 2014 às 22:05
Será que a nossa Cãmara não necessita recorrer ao apoio financeiro aos municípios depois da compra de mais viaturas ( a ultima especial) e tanta festa? Quem está a financiar?


De Carissimo a 31 de Agosto de 2014 às 21:57
Caro anonimo, caro sim, porque se trabalha sai caro ao Estado por estar a receber um ordenado pra trabalhar.
Se fosse só o ruido das festas!! e o gasto que dão ao município? o seu ordenado é uma despesa, se calhar dispensável, mas as festas não o são, é só reparar na quantidade delas para justificar o parque urbano, já que, provavelmente em pouco tempo vai deixar de ser usado para a feira, pois os feirantes têm deixado de vir aos poucos, não têm clientes, então não lhes compensa montar a tenda, é muito fora da vila. Se o objetivo era esse, parabéns conseguiram.
Não se esqueça que vamos ter mais uma FESTA a curto prazo, com convidados "ilustres" que ninguém conhece e a quem é preciso pagar a estadia no estrangeiro. De onde saiu a despesa da ida ao estrangeiro e agora dos estrangeiros aqui? O que nos vão trazer? Para quê mais uma estatua? Vamos ter grandes hotéis Suíços? deve ser por isso que fizeram a linda via rápida. Será que agora também vão expropriar os outos terrenos e também as casa por extremo interesse "publico" para instalar os hotéis?
No final as instituições estão todas iguais, Câmara e Santa Casa qual escolheria, faça as diferenças!!!!


De Anonimo a 30 de Agosto de 2014 às 16:37
Castro Daire é uma autêntica democracia. Quem trabalha durante a semana e fim de semana e paga impostos vai ter que ir morar fora do concelho já que as festas populares sao cada vez mais ruidosas, duram mais dias e ate de madrugada, mas como a maioria da população faz parte do meio milhar de empregados camararios, beneficiarios do rendimento minimo e reformados por falsa invalidez, estes podem assistir sempre a todos estes acontecimentos. Assim sendo, e atentando à democracia, a legislaçao de não fazer ruido a partir de certa hora da noite, não necessita ser cumprida, vence a maioria.


De João a 30 de Agosto de 2014 às 10:00
Como é possível termos o dobro de funcionários municipais de lamego e, sem embargo, ainda existir espaço para voluntários não remunerados dentro da nossa câmara? Só sou capaz de pensar numa espécie de raposas matreiras a aquecer o lugar para entrar na próxima oportunidade de "emprego". Circunstâncias convenientes.


De Anónimo a 24 de Agosto de 2014 às 20:04
Então mas afinal que curso tem ela? Ou cursos neste caso, porque a cachopa parece uma enciclopédia ambulante. Será que ainda vai a farmácia? Já que a tia não teve capacidade para isso?


De Anónimo a 23 de Agosto de 2014 às 01:36
Sera que a sobrinha da Provedora ja foi dirigir a Unidade de Cuidados Integrados na Sta Casa? Segundo se sabe a bomba vai rebentar quando ela entrar a sr.a que ia para o Museu da camara..afinal ja fica por ali


De Anónimo a 23 de Agosto de 2014 às 01:28
O que terao a dizer os restantes membros da Assembleia Geral e Conselho Fiscal? Tambem sao coniventes com este comportamento por parte da Direcao?


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. NOTICIAS DE 1 DE ABRIL

. TUDO (N)A MESMA...

. PELOUROS

. G.A.P.

. TOMADA DE POSSE

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim