Quarta-feira, 23 de Setembro de 2015

AS NOSSAS CONTRIBUIÇÕES SERVEM PARA COMPRAR VOTOS

Realizou-se a 5ª edição da Festa das Colheitas.
A edição de este ano, teve um orçamento idêntico ao da edição do ano passado e menos 1 dia de duração.
Quanto à festa, propriamente dita, tivemos uma 6ª feira com um grande ajuntamento de pessoas, um sábado com bastantes pessoas e um domingo com algumas pessoas, do Concelho e Concelhos limítrofes, que visitaram Castro Daire para levar daqui algum dinheiro, pela presença das suas vacas no concurso de raça arouquesa, e aproveitando para almoçar de borla, passeando as vacas e seu carro, o que já raramente fazem nas suas aldeias, e ainda por cima recebendo contrapartidas financeiras.
No final do certame, e feitas as contas, 100.000 euros gastos, não contabilizando as muitas horas extraordinárias auferidas pelos trabalhadores autárquicos, e outras benesses, merecidas ou não. Aliás sobre este tema, funcionários autárquicos e seu descontrolo por parte das chefias, falarei numa próxima postagem, tendo como base os muitos comentários de desagrado que me têm chegado, sobre o tema, e os quais não tenho, por enquanto, publicado.
Será que a festa terá valido a pena? Resposta fácil e óbvia, de quem não está preocupado, como eu, com os votos das próximas eleições autárquicas, NÃO!
Foi dinheiro deitado fora, com benefícios nulos para o Concelho e para grande maioria dos seus habitantes.
E porquê? Porque, com excepção da 1ª edição, onde existiu cultura, tradição, história e uso e costumes do Concelho, todas as outras, e principalmente esta última, não tiveram a componente comercial necessária e indispensável para a qual o evento deverá ser direccionado.
A festa das colheira deverá ser reformulada de forma que os criadores de animais de raça arouquesa e detentores de produtos endógenos publicitem e/ou escoem os mesmos, dando-os a conhecer ao mundo exterior de forma a serem rentabilizados como mais-valias para os próprios e para o Concelho. Não é com 1/2 dúzia de restaurantes e duas ou três “barracas” a vender cerveja que isso acontece. Aliás a publicidade feita pelo Município castrense intitulava a festa como certame onde iriam dar a conhecer a tradição, história e cultura. Por aquilo que se viu, apenas o desfile de carros de vacas se enquadra nos itens anunciados.
Ao contratarem, pagos a peso de ouro, artistas de renome, apenas representa o constante “show off” deste executivo, preocupado apenas em garantir o seu “poleiro” político, tentando juntar muitas pessoas, embora não tenham sido cerca de 8 ou 9 mil, como alguém com responsabilidades pelo Concelho euforicamente apregoou, esquecendo que com tal atitude estão a prejudicar os habitantes e privar os mesmos de coisas essenciais.
Mas, e fazendo um aparte, até gostei do artista principal, com o qual, e para a posteridade, tirei uma foto, que brevemente emoldarei, colocando-a de seguida a embelezar uma das minhas esquinas.
Não seria mais vantajoso empregar os cento e tal mil euros cumprindo promessas eleitorais, algumas de 2009, e de utilidade para os Múnicipes, tais como requalificar o Jardim Municipal, apetrechar a totalidade das aldeias com água domiciliária e rede de saneamento, construir a tão anunciada etar, criar a prometida loja do cidadão ou até mesmo contratando alguém competente para clicar no botão de forma a ser feita luz sobre a construção dos centros escolares? Mais uma vez a resposta óbvia. Claro que sim!
Na campanha eleitoral de 2009 o actual Presidente do Município prometeu a requalificação do Jardim Municipal. Numa reunião da Assembleia Municipal de 28 de Dezembro do mesmo ano, e quando questionado sobre o assunto respondeu: Em 2012 ou 2013 a requalificação do jardim será uma realidade.
Numa entrevista concedida á Rádio L em Janeiro de 2012, o mesmo Presidente afirmou convictamente: Só falta clicar no botão para que se inicie a construção dos novos centros escolares. Até agora nada. E sabem porquê? Mais uma vez a resposta é óbvia. Promessas e mais promessas. Não se pode fazer tudo, principalmente quando em 6 anos de governação foram gastos, incluindo as festas de São Pedro, Mostra Castro Daire, Feira da Gastronomia, Festa das Colheiras e outras festas e festinhas, mais de 1 milhão de euros.
Uma antiga governante britânica, de seu nome Margaret Thatcher disse um dia o seguinte:
“Não existe dinheiro público. Existe dinheiro do pagador de impostos”.
E quando o mesmo é gasto por “iluminados” que apenas querem satisfazer o seu “ego”, é como tirar o pão de cima de uma mesa rodeada de bocas famintas. Digo eu.
Eu cá continuarei na minha, inamovível, mas com visão periférica esquina, dando graças a Deus por não ter necessidade de consumir água canalizada, pois abasteço na fonte dos peixes, nem necessitando de saneamento básico, pois prefiro satisfazer as minhas necessidades fisiológicas num canto qualquer, podendo escolher onde o faço e para quem o faço.


Zé da Esquina

publicado por Zé da Esquina às 23:30
link do post | comentar | favorito
32 comentários:
De xiiii a 4 de Outubro de 2015 às 21:13
O PS no concelho só ganhou reriz e cabril... O Carneiro que se cuide...vai levar um tombo daqui a 2 anos.... Uiiiii


De Anónimo a 4 de Outubro de 2015 às 22:53
Não me parece, estas eleições não foram locais, preparem-se e vão ver, nem são precisas grandes coisas, o nome e a fama chegam de sobra.


De Anónimo a 1 de Outubro de 2015 às 22:15
Mas alguém no seu perfeito juízo, vai perder o seu tempo, a ver uma cambada de mamões a discursar e ainda ter de pagar por cima... E apoiar o pseudo candidato a deputado à assembleia da república pelo círculo de viseu, um vira casacas que pouca gente conhece e bem se viu nas últimas eleições autárquicas!!! É de rir ou de chorar...


De Barraca a 1 de Outubro de 2015 às 15:06
Observador, aquilo de que fala será do concurso que abriu para as famigeradas AEC... repare que não foi só a menina bonita do PSD castro daire que ficou (KO será exagero!!) de fora... muitos dos concorrentes a esse postos de trabalho e do nosso concelho também levaram o tombo... vieram os de fora, ocupar as poucas vagas existentes.... ao que parece somente um teve sorte... em ter ficado com um desses horários....Não querendo ser extremista, quase que comparo esta situação ao refugiados da Síria....ajudam-se os de fora e os de cá ficam a ver o "barco passar"....


De Observador a 1 de Outubro de 2015 às 01:06
Eis chegado do mega jantar do PSD e bom observador que sou, reparei na ausência da nossa conterrânea e vereadora da nossa câmara! Qual terá sido o motivo? Será que não recebeu convite?? Ou terá sido do duro golpe aplicado pelo que manda no agrupamento que a deixou KO? Afinal os cabritos que vieram das bandas da Póvoa valem muito afinal... Até este gosta de os degustar e não é só o nosso presidente Carneiro!! Estamos bem entregues... À bicharada, carneirada e afins...


De Tambem reparei a 1 de Outubro de 2015 às 17:23
É verdade que a Da. Catarina não estava presente,também achei estranho.
No entanto estava muita gente do P S D, estavam algumas pessoas do C D S, mas notei a falta de alguns notáveis desse partido. porque será essa ausência?


De Anónimo a 1 de Outubro de 2015 às 21:44
Notáveis do CDS? Quem são eles? Onde estão? O CDS realmente já teve notáveis, mas morreram ou já não podem acompanhar o partido. Ou será que notáveis são aqueles, provavelmente como o autor do comentário que passaram pelo partido sem nunca o terem credibilizado? O CDS está bem e recomenda-se, principalmente servido de pessoas que trabalham o partido sem se preocuparem com tachos ou poleiros.


De Dr. Bixi a 2 de Outubro de 2015 às 16:51
Deixe para lá Dr. Bixi,

Vossa Exa, concorre ao lugar de jurista do município, o Carneiro seleciona-o e tudo se resolve.

Para 2017, o C D S, que por abreviatura significa "Cambada De Sandeiros",não vai a votos, extingue-se e os votos caem todos na D. Aida, que segundo me dizem, é sem duvida alguma a próxima candidata à Câmara de Castro Daire.




De Ressabiado a 2 de Outubro de 2015 às 17:55
Concordo com o comentador sendeiro que escreveu a entrada anterior, pese embora, ele precise de melhorar alguma coisa.
Por um lado, não sabendo falar, mais que «jorgejuses» podia evitar a vergonha de não dizer um nome de família.
Por outro lado, não sabendo falar português podia não errar a tentar insultar os militantes do CDS.
Por outro lado ainda se calhar devia tentar saber porque foi anulado o outro concurso a jurista a prazo.
Finalmente, fazia bem em informar-se melhor, porque dá como vencido o PSD que já tem candidato a 2017 (e não, não integrou a candidatura à Camara em 2013), dá como certo a não ida do CDS a votos em 2017, quando há quem diga que eles já tem andado a falar nas freguesias para apresentar listas a todas (sozinhos ou em coligação) e dá como assente a candidatura da D.ª Aida, quando a verdade é que há quem jure o regresso de várias personagens ao PS e a existência de negociações para apresentação de novos candidatos.
Mas vá lá, de resto concordo com o comentador ressabiado que, não sabendo ganhar juntas, pelo menos é pago para escrever em nome e representação do patrão...


De Dr. Bixi a 2 de Outubro de 2015 às 22:50
O Resabiado está enganado.

O Paulo "Passarola"ainda não conseguiu entrar no P S D, o lugar ainda continua ocupado.
O C D S não vai mesmo a votos, isso lhe garanto eu, a menos que o Dr Pertancho volte e o ressuscite, pois neste momento encontra-se como Lázaro " Morto e já tem cheiro,Senhor", foi a frase que exclamaram as irmãs de Lázaro, quando JESUS se aproximou dele.
Falta agora saber se o Dr. Pertancho está disposto a ressuscitar o C D S.

Mas sem a "Cambada De Sandeiros".


De Anónimo a 2 de Outubro de 2015 às 23:57
È verdade que O CDS (cambada de sandeiros) não venceu as ultimas eleições e os Pedantes Sairam Derrotados será que ganharam? Para quem diz que o CDS não entra nas contas então muito preocupados como ele. será que estão apaixonados ou querem um casamento por conveniencia?


De PAROLOS SALOIOS E DEFICIENTES a 2 de Outubro de 2015 às 18:26
Se a D. Aida vai ser a candidata do PS e o CDS não tem candidato,
só falta conhecer o candidato do PSD.

Não me digam que é outra vez o trolha.






De Anónimo a 4 de Outubro de 2015 às 15:15
A ser verdade, o que não acredito é caso para dizer " TIREM-ME DAQUI"!


De Parolo a 4 de Outubro de 2015 às 20:37
Então vais mesmo ter que fugir.


De sugestão a 29 de Setembro de 2015 às 12:01
Ora aqui está algo que também poderia ser feito no nosso município: http://www.cm-viseu.pt/index.php/diretorio/viseu-investe


De curioso a 28 de Setembro de 2015 às 09:13
#jurista: Mas a Câmara tem, em funções, uma jurista? Quem é? Para que servia o concurso, cuja anulação o Zé noticiou? Para que servirá o concurso que se avizinha?


De a sério???? a 28 de Setembro de 2015 às 09:02
Estou tao idenficado como todos os outros que por aqui comentam. Desde que o blog está online, que me lembre só dois tiveram a coragem de se identificar com o seu nome de batismo e confirmar isso mesmo. De fato é mesmo para rir, não é?


De Jurista a 27 de Setembro de 2015 às 22:33
O zé, estou a espera que publiques o comentario que te enviei da jurista da câmara, ou é tua amiga?!


De Conselheiro a 25 de Setembro de 2015 às 19:52
Caro Revoltado:
1) Se calhar seria mais avisado se não dissesse que está a ocupar um lugar no Município ("Nunca cá chegarás");
2) Se calhar a sua revolta seria melhor dirigida a quem promete emprego, mas só tem para dar POC, estagios e nomeações;
3) Se calhar o tempo gasto em defesas de teses seriam melhor empregues em aprender português (tomates, mesmo que tintins, não se escreve tomatos e se olhar para um teclado verá que são 5 as letras que deparam "e" e "o");
4) Finalmente, não desespere! Embora os gastos com festas, obras inúteis, obras particulares, horas extra pagas a quem faz trabalhos particulares em horário laboral, nomeações para "evitar" perda de guarda dos netos e outras falhas que, em situações normais seriam castigadas, em Castro Daire serão sempre demonstração de obra. Não é o que vende?


De Revoltado a 24 de Setembro de 2015 às 21:54
Caro Zé, Não acredito que tenhas tomatos para publicar este comentário, no entanto não deixo de o fazer.

1--Já sabias que eras um borrado.

2-- Não sabia que o fazias, que defecavas em qualquer canto!

3--És um merda, que nunca fizeste nada a não ser criticar.

4-- Nunca cá chegarás, pois não tens qualquer credibilidade

5--aconselho-te a ser mais criterioso e verdadeiro,caso contrario, em breve ninguém te lê.

6--Fico a aguardar a publicação deste comentário, que acontecerá dia de S. Nunca à tardinha.

.


De Outro Doutor a 24 de Setembro de 2015 às 22:11
Sem pretender ser advogado do Dr. Zé, até porque acho que ele não precisa de nenhum colega a defendê-lo, não deixo de dizer que o mesmo além de afirmar que defecava em qualquer canto também disse que escolhia em cima de quem o fazia.


De pintor a 26 de Setembro de 2015 às 09:29
Sr. outro doutor, não sei em que universidade andou nem em que instituição estagiou, nem me interessa, até porque não devem ter sido bons locais, mas uma coisa lhe digo, aqui não me parece haver defesa ou ataque a ninguém, da minha parte, o que não se pode dizer da vossa, com uma linguagem tão baixa e tão inapropriada, que denota muita falta de educação e cultura. Uma coisa sei, o sr(a) não sabem português nem o sentido da ironia. Volte a estudar para se sentir mais à vontade a fazer comentários. apesar de tudo e de alguns pobres de espirito, para mim, isto continua a ser um bom espaço de comentário e critica, desde que não sejam ultrapassados os limites da liberdade de cada um. Se não gosta tem bom remedio, não lê nem comenta.
ah! e não sou advogado, nem gostaria de ser, sou mais virado para as artes, até já tirei a sua pinta....


De A sério??? a 26 de Setembro de 2015 às 19:21
O caro pintor fala efetivamente para quem, quando fala de linguagem baixa e inapropriada??? Do outro doutor, ou do revoltado???
O caro pintor fala de quem, quando diz que não percebem de português??? do outro doutor ou de si que, num só texto e em pouco tempo, consegue misturar géneros, números, graus e demonstrar que não sabe sequer entender o que lê???


De Anónimo a 26 de Setembro de 2015 às 22:23
A sério! para bom entendedor meia palavra basta, já percebi que isto é paleio demais para entender, desisto de tanta mente curta, e perceba as coisas como quiser, isto é mesmo assim, em Castro Daire só existe uma linguagem - a sua - ah!ah!ah! bom proveito!


De Anónimo a 24 de Setembro de 2015 às 22:17
A sua linguagem não me é estranha, já ouvi essa conversa na boca de alguém...., ainda não percebi é porque se chama Revoltado e qual é o motivo da sua revolta, será pelos factos que estão á vista, ou será que é cego e a revolta é porque não vê? ou ainda será porque não gosta que as verdades sejam ditas. será que o Zé se enganou nas contas que divulgou? Terão sido estes dias uma miragem (não aconteceu realmente), ou a revolta deve-se à inteligência do revoltado. No final querem ver que não é um contribuinte que paga para isto tudo, estará isento?


De Anónimo a 25 de Setembro de 2015 às 16:09
Em primeiro e único lugar, o senhor transborda credibilidade com essa linguagem, não há margem para dúvidas.
As críticas são relevantes para a mudança e para eventuais revoluções. Se não existisse revolta, continuávamos a viver sob um regime ditatorial. Só não tolera críticas ao sistema, quem vive que nem uma sanguessuga a sugar todo o sangue do sistema, ou quem está na cauda da sanguessuga à espera de receber umas pinguinhas de sangue.


De Manuel Andrade a 25 de Setembro de 2015 às 20:09
Acho de uma enorme cobardia isto dos blogs. Ninguém sabe quem é o Zé da esquina, mas ele sabe quem somos nós.
Numa luta desigual, ele diz mal de quem lhe apetece, sem que ninguém o possa atingir, isso é como mandar os capangas amarrar um sujeito de pés e mãos e depois aparecer o barão armado em valente chicoteá-lo.
Venha para a rua, de cara destapada, ponha as suas ideias na praça pública e discuta-as, assim sim, conquistará o nosso respeito.
Se não o quer fazer, também não critique, ou será que está tudo mal?


De estudante de mediocridade a 26 de Setembro de 2015 às 18:27
Meu caro Manuel,parabenizo-o pela coragem de se assumir.

Coisa que nem eu, nem o Zé da Esquina, nem tantos outros bloguers,temos coragem de fazer.

No entanto a sua posição é confortável, vem em defesa do Carneiro.

Isso da-lhe um lugar à sombra,garante a continuidade do seu filho na ASSOL,etc,etc etc...

E como o Sr. é igual ao Carneiro, no que toca a defender os seus interesses e os dos seus, compreendo-o perfeitamente.


De A sério??? a 26 de Setembro de 2015 às 19:23
Mesmo quando se responde ao zé sobre falsa identificação e/ou anonimidade???


De É para rir a 27 de Setembro de 2015 às 15:24
E tu, com o "A Sério",por acaso estás identificado?
Vai-te catar pá...


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. NOTICIAS DE 1 DE ABRIL

. TUDO (N)A MESMA...

. PELOUROS

. G.A.P.

. TOMADA DE POSSE

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim