Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

4 ESQUINAS

BLOG ONDE SE PODE E DEVE FALAR DE TUDO (SOBRETUDO O INTERESSANTE)



Sábado, 04.09.10

POLITIQUICES...

No passado dia 28 de Agosto, foram inaugurados 4 caminhos agrícolas, 2 na Freguesia de Reriz e 2 na Freguesia de Ribolhos, cuja cerimónia teve a presença do Sr. Governador Civil de Viseu, Dr. Miguel Ginestal, do Presidente da Câmara Municipal, Sr. Fernando Carneiro, dos Vereadores do P.S.D. (Eng.ª Eulália Teixeira, Dr.José Manuel Ferreira e Dr. Paulo Almeida) e ainda dos Vereadores do P.S. (Sr. Luis Lemos e Dr. Rui Braguês), estes ocupando actualmente funções a tempo inteiro. Estiveram também presentes alguns Presidentes de Junta, o Presidente da Assembleia Municipal e membros das Assembleias de Freguesia de Reriz e Ribolhos.

Isto foi, e muito bem, noticia nos órgãos de comunicação locais e regionais.

O que não está correcto é o aproveitamento político feito à volta das referidas inaugurações, quer pelo actual executivo, quer por um Ex. Vereador a tempo inteiro do anterior executivo e actual Vereador sem pelouros atribuídos, senão veja:

Num blogue pertencente a um actual Vereador da oposição e ex. Vereador a tempo inteiro do anterior executivo pode-se ler o seguinte:

“As candidaturas foram aprovadas em tempo recorde e a Câmara de então, presidida pela Eng.ª Eulália deu o aval ao restante financiamento, sem o qual estes caminhos não poderiam ter sido feitos, e ofereceu apoio técnico para a realização dos concursos.
A história destes caminhos foi só esta: a candidatura foi feita, a Câmara de então apoiou e deu o apoio necessário, tanto técnico como financeiro. Digamos que a atual câmara pouco ou nada teve a ver com estes caminhos”.

Enquanto na página electrónica do Município de Castro Daire, lê-se o seguinte, sobre estas inaugurações:

Com grande festa e alegria foram inaugurados, no último dia 28 de Agosto, os caminhos rurais das Freguesias de Reriz e Ribolhos. O grande obreiro da concretização destas obras foi o Vereador do Partido Socialista (na altura) Fernando Carneiro, que alertou todos os Presidentes das Juntas de Freguesia do Partido Socialista do aviso de abertura das candidaturas”.

É isto a politica Castrense, uma politica de “trazer por casa”, sem objectivos definidos em que cada um tenta “puxar a brasa á sua sardinha”, querendo ficar com os louros.

Tanto o executivo anterior, como o actual, fora eleito pelos eleitores do Concelho de Castro Daire, logo, com obrigações de trabalharem para o desenvolvimento do Concelho, contribuindo para o engrandecer sem olharem a cores partidárias ou a querelas pessoais.

As obras foram executadas e isso é que interessa! Se o foram por A ou B, isso pouco conta para a felicidade dos Castrenses, os quais não querem nem interessa saber se foi o Actual ou o anterior, ou seja se foi o P.S. ou o P.S.D.

É por isto que cada vez mais a classe política Portuguesa está desacreditada e acusada de só olharem para o próprio umbigo.

Se os políticos, em geral, se preocupassem mais com a obra que têm obrigação de realizar e menos com a sua imagem pessoal, o Concelho não estaria, como está, na cauda da tabela em relação ao desenvolvimento.

Convém não esquecer que os políticos forem eleitos para servir o Concelho e não para o usarem aparecendo em inaugurações e discutindo a quem deve ser atribuído o louro.

Eu cá continuarei, na minha esquina, preocupado, cada vez mais, com o, cada vez menos, desenvolvimento do Concelho não me preocupando quem fez a obra ou quem a deverá inaugurar, mas sim com a falta de obras para inaugurar.

 

Zé da Esquina

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Zé da Esquina às 16:46


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Calendário


Posts mais comentados


Farmácias de Serviço