Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

4 ESQUINAS

BLOG ONDE SE PODE E DEVE FALAR DE TUDO (SOBRETUDO O INTERESSANTE)

4 ESQUINAS

BLOG ONDE SE PODE E DEVE FALAR DE TUDO (SOBRETUDO O INTERESSANTE)

PAGA O CUMPRIDOR PARA O ENGANADOR !!!

Chama-se pomposamente Rendimento Social de Inserção!

Na minha opinião dever-se-ia chamar “Sustentamento do Vicio Garantido”!

O Rendimento Social de Inserção tem sido, e continuará a sê-lo, o sustento de muito mandrião. Pelo que, cada vez mais, a sua fiscalização deverá ser permanente, infalível e principalmente com observação “in loco”.

Milhares de cidadãos trabalham honestamente e “comem o pão que o diabo amassou” para obrigatoriamente, através dos seus descontos,”darem para esse peditório”.

Cada vez mais o Rendimento Social de Inserção passou a ser um subsídio para alimentar vícios e alguma delinquência à mistura.

Provavelmente uma solução, para que os casos de aproveitamento pudessem ser denunciados, seria afixar na própria localidade de residência dos favorecidos, em local visível e de fácil acesso, um edital onde constassem os nomes daqueles que recebem o referido subsídio, para que quem se sentisse prejudicado poder denunciar as situações menos claras que reinam na sua atribuição.

È verdade que alguns dos beneficiários desse Rendimento, são pessoas com carência sócio económicas, merecedores de tal receita, outras há, que apenas se servem do subsídio para matar vícios, mandriar e frequentar as minhas e outras esquinas.

O Rendimento Social de Inserção, para muito dos beneficiários, tornou-se desde há muito tempo um modo de vida, quase uma profissão com fins proveitosos e sem necessidade de esforço por parte de quem dele usufrui.

O mais grave ainda é o facto de alguns, arvorando-se em inteligentes e enganadores do estado e de todos aqueles que através dos seus descontos os mantêm, ainda se gabam e dizem: “Vai trabalhar tu eu não preciso sou mais esperto e vivo do Rendimento Social de Inserção.

Se do Rendimento Social de Inserção necessitassem mesmo não diziam isso com arrogância mas sim com reconhecimento a todos aqueles que com o seu suor contribuem todos os meses para que eles vivam á custa dos outros.

Zé da Esquina

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácias de Serviço

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D