Domingo, 29 de Novembro de 2015

SERÁ ELE O ÚNICO CULPADO?

Está marcado o julgamento contra o antigo presidente da direção dos Bombeiros Voluntários de Castro Daire. António Pinto é acusado de peculato, pelo desvio de milhares de euros da instituição que liderou durante anos. O antigo dirigente associativo vai responder em tribunal já no início do próximo ano
O Ministério Público acusa o antigo presidente da direção dos Bombeiros de Castro Daire de peculato.
Em causa está o desvio “concertado e permanente” de verbas da instituição. Ao todo, estão contabilizados no relatório, com origem na investigação da Polícia Judiciária (PJ), quase 80 mil euros que saíram das contas da associação humanitária. Segundo o relatório, o dinheiro da instituição era desviado através de transferências bancárias com recurso ao “e-banking” e, na maioria das vezes, para fazer pagamentos a fornecedores afetos à vida profissional privada do ex-dirigente associativo, enquanto técnico e gerente de uma farmácia. As transferências interbancárias eram remetidas para contas tituladas pelo arguido, que a Polícia Judiciária (diretoria do Norte) averiguou e contabilizou no relatório final enviado ao DIAP (Departamento de Instrução de Ação Penal) de Coimbra e que a Procuradoria-Geral de Coimbra remeteu para Procuradoria da Comarca de Viseu, que por sua vez constitui o processo no DIAP do Ministério Publico (MP) com conhecimento do Conselho de Prevenção da Corrupção.
O MP, através do DIAP de Viseu, constitui assim António Pinto arguido e marcou o julgamento para o dia 21 de janeiro do próximo ano na Secção de Proximidade de Castro Daire. António Pinto está com termo de identidade e residência e responde neste processo, pelo desaparecimento de fundos da instituição, “em proveito próprio”, pelo crime de peculato.
No artigo 4º dos termos da acusação ao antigo presidente da direção dos Bombeiros de Castro Daire a que o Jornal do Centro teve acesso, o arguido “efetuou várias transferências bancárias, a partir das contas dos bombeiros, para contas bancárias por si tituladas ou co tituladas e procedeu ao pagamento de vários serviços e produtos que utilizou em seu exclusivo benefício e/ou de terceiros, que não o da Associação, sem o conhecimento dos restantes membros da direção, com propósito, conseguido, de obter vantagens patrimoniais a que sabia não ter direito no montante global de 78.237,73 euros”.
Das duas contas bancárias da corporação, foi apurado que Caixa Geral de Depósitos CGD foram efetuadas transferências no valor 52.302,00 euros e do BPI 20.421,67 euros.

Fonte: Jornal do Centro

 

Zé da Esquina

publicado por Zé da Esquina às 22:13
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De interessante a 15 de Janeiro de 2016 às 20:01
Acho muito interessante essa observação de alto gabarito que refere a banda como a única instituição credível, profissional e honesta, das muitas que existem neste concelho ... espetacular !!! É daqui facilmente depreendo que se é a única é porque mais ninguém é honesto e mais ninguém é profissional ... Tenham DÓ !!!!


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2016 às 16:55
O que se passa com a Banda de Música dos bombeiros de Castro Daire?
Parece que afinal eles gerem o dinheiro conforme querem, sem apresentar contas a ninguém!


De Anónimo a 11 de Janeiro de 2016 às 23:44
como disse? será que agora querem desviar as atenções para a Banda de Música, a única instituição respeitável em Castro Daire que tem dado provas de respeitabilidade, profissionalismo,onde todos andam por amor à música, porque os interesseiros colam-se a outros sítios onde podem tirar proveito. a Banda que além de outras dificuldades tem agora de enfrentar as dificuldades de lidar com gente que parece querer acabar com ela, com gente e tem prazer em ver morrer tudo o que de bom existe nesta terra. gente que não sei onde esteve quando aconteceram as maiores falcatruas nos bombeiros, é preciso ter lata


De só música a 12 de Janeiro de 2016 às 13:31
Quem quer acabar com a banda?


De Anónimo a 12 de Janeiro de 2016 às 22:54
quem quer acabar com a banda? esta é fácil, uns tipos que agora são a suma sapiência lá da direçao dos bombeiros, que parecem não gostar de quem tem mérito. será por pura inveja ou porque não gostam mesmo de quem os pode ofuscar? quem foi ao concerto de natal da banda deve ter ouvido os discursos que por lá se fizeram e que deveriam ter envergonhado muita gente. por isso ainda a guerra vai no primeiro round. já agora alguém me sabe dizer quem é a estagiária dos bombeiros?? que peça!


De Clave de Sol a 14 de Janeiro de 2016 às 10:41
Estás desafinado
Ouves a mentira que te contam e falas do que nao sabes
Ou falas assim porque te interessa


De Observador a 13 de Janeiro de 2016 às 15:47
Desviar atenções.... Bem Parece tudo menos isso. Basta olhar ao passado da dita cuja banda e seus diretores e logo vemos tal açorda das que cheiram bem mal. So não se mexe porque pode ficar pior. Senão vejamos num passado bem recente o que aconteceu com um maestro que bem dirigia a banda e não só. Veremos o que este trará de novo. Diretores a trocarem de carro para bombas de alta cilindrada e desportivos, e indivíduos que vão presar serviço a bandas como Moes Reriz Magueija e outras mais com a farda e instrumento da referida banda.E tudo gente seria e integra,mas e quando estão a dormir.


De Anónimo a 20 de Janeiro de 2016 às 15:07
"... Onde todos andam por amor à música...", pois, porque certamente as recompensas distribuídas (será assim que lhe chamam?!) pelos tais "todos", no final do ano, são manifestações de amor à música. Atenção que isto tudo é com a legalidade tributária que é característica dos "todos".


De preto e branco a 2 de Dezembro de 2015 às 15:28
E propostas para melhorar a vida dos nossos munícipes?


De Anónimo a 12 de Janeiro de 2016 às 22:59
são várias, amigo, tem andado distaido, todas as medidas do executivo são sempre no sentido de ajudar os municipes...ajuda-los a sair daqui para fora, mas a verdade é que a vida de cada um só melhora quando sair desta mediocridade, deste covil de interesses instalados.
viva este concelho, que espero vir a abrir os olhos


De Não Não a 1 de Dezembro de 2015 às 20:31
Não, não é só ele, são também as brasileiras.

Há e mais os que votaram nele.


De Pergunto Eu a 2 de Dezembro de 2015 às 08:53
Esse sr. nunca transferiu dinheiro da conta dele para a associação?
Bastava uma só assinatura para fazer esses movimentos?
Porque foram ignoradas as faturas da Gavis?
Quem levantou os cheques referentes ao progeto eletrico?
Os vários elementos da direção aceitaram todas estas irregularidades e calaram se? porquê?.
Pensem nisto.


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. G.A.P.

. TOMADA DE POSSE

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

. CEGUEIRA

. SONDAGENS

. LISTAS DE CANDIDATOS

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim