Quarta-feira, 8 de Janeiro de 2014

RECEITA TIPICA DE CASTRO DAIRE

COMO COZINHAR UM GAP (Gamela de Apoio a Parentes)

 

INGREDIENTES:

 

·        Duas Instituições

·        Um Presidente

·        Uma Esposa (necessário trabalhar numa das Instituições)

·        Um Sobrinho

·        Um Genro

·        Uma Abdicante

·        Um Informático

·        Uma Filha

·        ½ Dúzia de subsídios

·        Alguns votantes (de preferência incultos)

·        Muito dinheiro (de preferência proveniente de impostos)

 

MODO DE PREPARAÇÂO: (necessário um tacho bem grande)


1. Num tacho, não necessariamente lavado, coloca-se a instituição da mulher e de seguida amanham-se os ingredientes

2. Previamente prepara-se um caldinho, tipo molho, feito de promessas e mentiras

3. Junta-se a ½ dúzia de subsídios

4. Adiciona-se os votantes incultos e dissolve-se tudo até o caldinho engrossar (se não engrossar á primeira pode-se adicionar mais subsídios ou familiares dos mais votantes incultos)

5. Sem perder o tacho de vista, deixa-se apurar todo o preparado e após isso, o cozinheiro senta-se numa cadeira (pode ser a do poder)

6. Unta-se o tacho com a abdicante, esfregando bem até ficar lustroso

7. No dia seguinte, já com alguns ingredientes no tacho, tira-se a tampa e adiciona-se-lhe um sobrinho (ingrediente não imprescindível, mas usado por familiaridade para com o cozinheiro)

8. Manter o tacho em lume brando (nunca deixar ferver) e adicionar-lhe um genro (ingrediente obrigatório por ser de sabor único)

9. Aumenta-se um pouco a chama e deixa-se cozinhar durante 3 anos

10. Entretanto nesse espaço de tempo coloca-se outro tacho ao lume (pode ser mais pequeno) e coloca-se dentro um informático a cozinhar em banho-maria

11. Após 3 anos tira-se a tampa ao tacho, escorre-se o molho incomodo e aproveita-se para substituir o genro, pois após ter contaminado a filha, que por esta altura ainda não estava adicionada ao tacho, foi o mesmo contaminado pela mulher, ficando intragável

12. Entrementes deixa-se ferver um pouquinho e adiciona-se um informático

13. Depois de cozinhado o informático dá-se a provar em pequenas dozes, não vão eles querer comer tudo, aos amigos do lado

14. Torna-se a colocar a tampa e deixa-se a marinar, de preferência escondido de todos, por algum tempo

15. Depois de marinar retira-se a tampa ao tacho muito devagarinho e introduz-se no mesmo uma filha (obrigatoriamente tem que se escolher uma desempregada e não acolhida noutros lados)

16. Volta-se a colocar a tampa no tacho para que este não levante fervura

 

NOTA FINAL:

Sirva em grandes dozes familiares (nunca dar a provar a estranhos) rapando o tacho até ao fundo.

A sobremesa fica á imaginação de cada um, pois o dinheiro para pagar o banquete não é problema para o cozinheiro.

Eu por cá continuo, nas minhas veneráveis esquinas, sabendo muito mais o que esconde a tampa deste tacho, mas, por enquanto, não o destapando na totalidade.

 

Zé da Esquina

 

publicado por Zé da Esquina às 20:14
link do post | comentar | favorito
|
34 comentários:
De Do Gap para os quadros a 13 de Fevereiro de 2014 às 20:11
O candidato derrotado, afirmou hoje junto de várias pessoas que brevemente haverá novidades na governação da câmara.
Em causa está a abertura do concurso no dia de hoje destinado à filha do presidente, a recém nomeada para o Gap e para a amiga do Ernesto. Ele diz que para segurar o futuro da filha abriu um concurso em auditoria. Será que o senhor Fernando, além de nomear a filha, passado 2 semana abre um concurso feito à medida? 2 auditores para a Câmara? Com a possibilidade de concorrer como engenharia civil? Sendo que a mesma eng civil a par da familiar andam a frequentar um concurso de auditoria à 1 mês?

O candidato derrotado, disse que ia esperar, porque o Carneiro já tem o costume de fechar os concursos quando vê a coisa mal parada!


De Anónimo a 4 de Fevereiro de 2014 às 21:07
Nem tudo está mal em Castro Daire.
Venho aqui elogiar a atitude e o apoio dado pelos Bombeiros de Castro Daire aos automobilistas que circulavam na estrada nacional,nº 321 ( portas do Montemuro) cerca das 7 hora da manhã, desta segunda feira, quando esta se encontrava encerrada.
Bem haja aos dois bombeiros que estavam no local aquela hora.


De Porqueira a 3 de Fevereiro de 2014 às 21:54
Então a de Farejinhas é bonita, simpática e muito profissional, faz ver muitas chefes de divisão e outras doutoras da casa.
Há cada coisa, então nas vésperas das eleições atirou o barro à parede, onde alegava ter sido traída, que o chefe não tinha palavra e que não tinha capacidades para liderar o concelho. Realmente ela é muito esperta, fez jogo duplo ou talvez triplo, mas os sapatos dela conseguem convencer, mas para gente desta, lidamos da mesma maneira, é comer e andar, depois alguém que lhe coma os ossos.
Vir para blogs para ser bem falada é má estratégia, quem vive em Farejinhas conhece a peça, mas desconhecem a sua simpatia e a sua beleza, pois sem base, meu deus, que porqueira.
Mas se o chefe te prometeu o lugar, brevemente estará aí o concurso. Zé da Esquina, contamos com o senhor para denunciar todos estes esquemas.


De Abastecimento de carne e Chefe a 3 de Fevereiro de 2014 às 20:43
O pai da grande Dra. de Farejinhas já ameaçou cortar o abastecimento caso o chefe não cumpra com a palavra. Quem vai dar a carne para a família? Ele diz que o chefe já lhe prometeu mas já desconfia da sua palavra!

A chefe agora diz que anda com problemas familiares quando alguém vai ao seu serviço perguntar pelo seu lugar! Ela diz que até o cargo da filha é uma infelicidade e que ela tem gabarito para os quadros do município!
Tais palavras indicam que a filha recém nomeada, será presenteada com um concurso à sua medida.
Ainda bem que CDS e o PSD estão no bom caminho para eleger o prof Luis a candidato.



De Xuxalista a 2 de Fevereiro de 2014 às 10:20
Sr. Inveja, o povo de Castro Daire não tem inveja nenhuma dos funcionarios que lá trabalham, por mim até podiam meter os melhores profissionais do País ou do mundo inteiro.
O problema onde é que vão arranjar tanto dinheiro para manter tanto funcionário da camara (e não pára de subir!), ou seja, com as receitas a diminuir por parte das transferências do Estado e a despesa a aumentar de forma astronómica, onde é que o Carneiro vai buscar esse dinheiro?

Claro...aos contribuintes Castrenses!!! Aqueles que andam a tentar pagar as despesas e ver se sobra algum para poupar, mas que não conseguem porque vai tudo para impostos!!
Reparem nas mudanças da factura da àgua, agora vão-se preparando para a mudança do preço!

As pessoas têm que perceber que o dinheiro que vem do Estado não é inesgotavél, é dinheiro dos contribuintes, tira-se de um lado e dá-se do outro! Como se costuma dizer... não cai do Céu!!!

A Camara Municipal de Castro Dairel tem que ser mais eficiente, se não acontece como o tribunal e a repartição das finanças... arrisca-se a fechar as portas!

Quem avisa amigo é.


Já dizia Margareth Thatcher:
"O socialismo dura até terminar o dinheiro dos outros"


De inveja a 29 de Janeiro de 2014 às 23:12
Este povo de Castro Daire tem muita inveja!

Qual é o problema o Sr. Fernando empregar pessoas com grande profissionalismo? Aqui nos blogs falam sempre dos mesmos, enfermeira, nutricionista, museóloga, sobrinhos, filhos, etc, etc, etc.
Será que não necessária uma nutricionista? o Sr. Fernando abriu o concurso 2 vezes e voltou a fechar, mas é necessário uma pessoa com essas competências.
A enfermeira não é necessária? Quem cuida dos idosos?
A museóloga também é necessária para dar vida aquele museu, pois bem precisa, pois de turismo e de património, Castro Daire é que se vê e vejam as competências de quem trabalha nessa área, disso ninguém fala.

A porqueira, ou a de Farejinhas como a querem chamar, é uma excelente profissional, faz ver muitas chefes de divisão e muitas pseudo doutoras que não percebem nada da área social e tiraram a licenciatura pela internet, só querem o dinheiro no bolso ao final do mês.

Acho muito bem que o Sr. Fernando empregue a Drª. de Farejinhas para bem da área social do Município, a Nutricionista, a Enfermeira, a Museóloga, mas como eu digo é só inveja das pessoas competentes, bonitas e simpáticas.

Deem trabalho aos de Viseu, assim ninguém fala! O Aveleira que deixe em paz o Sr. Fernando, ou já se esqueceu quem trabalha no lar?



De titu a 31 de Janeiro de 2014 às 23:22
Sr. inveja algo lhe foi prometido ou esta a espera de??
Os cargos que mencionou são necessários, mas que se faça os concursos com clareza e não a medida do candidato que por sua vez já escolhido andes da abertura do concurso, então os mesmos tem de ser anulados porque o concorrência é forte e pela lei em vigor não tinha qualquer hipótese.
então contratamos a recibos verdes, ai esta não se morre do mal, morre-se da cura


De Faro a 2 de Fevereiro de 2014 às 16:44
Inveja? Essa agora!
Isto é que é uma grande açorda e daquelas que cheiram muito mal, mas os cegos são mais que muitos... paciência!


De anónimo a 3 de Fevereiro de 2014 às 11:36
De que lugar estás à espera? Primeiro, aprende a usar vírgulas e frases com sentido. Primeiramente, um bom profissional deve saber usar pontuação de forma correcta. Um bom profissional aspira a mais do que se limitar a esta câmara, com o único objectivo de ter uma boa remuneração. Acabam por estar numa sala minúscula com mais 20 a olhar para as paredes.
Falando em pseudo doutoras, essa de Farejinhas tirou Medicina ou já fez algum doutoramento para merecer a designação "Dr" ?!


De Fevereiro a 28 de Janeiro de 2014 às 09:55
Finalmente o Aveleira aprendeu a fazer política! Quando aconteceu a nomeação da filha, confrontou todos os apoiantes do Fernando e dizia-nos para termos calma, pois tudo indicava que no início de fevereiro iria abrir os concursos e a nossa vez íria chegar, pois quem o apoiou tem prioridade nos concursos, como aquele que está a decorrer nas termas.
Eu perguntei qual o motivo de ele andar com aquele discurso, mas ele preferiu dizer que o meu lugar estava certo e que ele não voltaria a colocar mais família, pois esses não andaram a dar a cara.
Mas também que me disse que a prioridade era a nutricionista pois é uma pessoa fundamental e está a recibos verdes, a museologa, a enfermeira de famílias do PSD, a dos porcos de farejinhas que andou muito chateada nas vésperas das eleições, o sobrinho, irmão do grande lica, o candidato à junta de Moledo, o filho e a nora, mas com tantas vagas vai dar para todos.

Vou esperar pelo início do mês para ver se abre a minha vaga.


De Anónimo a 24 de Janeiro de 2014 às 20:59
Hoje na seção de camara, deu para perceber o entendimento entre o PSD e o CDS. Afinal já se dão bem.

Com o Dr. a comandar é outra coisa. O dos eletrodomésticos viu que estava a mais e foi mais cedo cuidar da vida.

Com o Zé Zé Camarinha de Castro Daire pelo PSD e o Italiano pelo CDS o Fernando que se cuide.


De Lar de Cetos a 22 de Janeiro de 2014 às 13:23
O candidato derrotado do PSD devia era estar caladinho, pois em termos de empregar familiares ele é especialista. Quem é a diretora do lar que ele diz privado ou público consoante a necessidade! Quem são as funcionárias? Quem são os 3 diretores principais?




De Anónimo a 18 de Janeiro de 2014 às 22:37
Há zonas residenciais com acessos lastimáveis há anos, mas este executivo só pavimenta acessos particulares como do atual presidente da junta de castro Daire e agora uma estrada onde não há moradores mas os filho do presidente vai lá construir casa. Duas pessoas ou duas familias favorecidas, quando há dezenas de famílias que não têm um acesso condigno a suas habitções.
Devo culpar só o executivo? Não.
Há varios partidos que se deveriam unir, usar todos os meios disponiveis para denunciar ou travar o que se está a passar.
Sr, Luis Alberto denunciou o novo "posto de trabalho" da filha do presidente, mas um só, nada faz e como se diz a união faz a força. Toda esta situação leva a que acreditemos que anda cada um a olhar por si e não por Castro Daire e depois em quem votaremos se não vimos fazerem algo contra todas estes atropelos e atrocidades que o presidente faz? Os partidos da oposição andam em constantes guerrilhas que muito ajudaram e continuam a ajudar o carneiro a continuar no poder. Toda a gente sabe os meios baixos que o carneiro usa para conseguir o que quer e ninguém faz nada?
Vale a pena votar em quem quer que seja com o que vemos acontecer?


De Anónimo a 22 de Janeiro de 2014 às 22:53
continuam a votar carneiro como até agora fizeram, o povo gosta de ser maltratado, por isso vota nos que o tratam pior.


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. G.A.P.

. TOMADA DE POSSE

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

. CEGUEIRA

. SONDAGENS

. LISTAS DE CANDIDATOS

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim