Segunda-feira, 7 de Outubro de 2013

TOMADA DE POSSE

 

Realizou-se no passado sábado a tomada de posse da Vereação que irá gerir os destinos da autarquia Castrense nos próximos quatro anos.

Durante a cerimónia, existiram situações que me ficaram no ouvido e nos olhos. Concretamente:

Ficou-me no ouvido o “brilhante” discurso do recém-eleito presidente. Adorei, principalmente, quando o mesmo afirmou que a campanha eleitoral decorreu com seriedade, civismo e muito respeito. Nisso não podemos estar mais de acordo, principalmente se as referidas afirmações tivessem sido dirigidas para o CDS e CDU. Agora quando as mesmas são dirigidas para o seu partido só posso concluir que as referências foram a brincar ou que o mesmo se enganou, o que já vem sendo hábito em tal personagem.

Para confirmar a desfaçatez destas declarações, bastou observar a forma como a “rainha das campanhas” se passeava, com ar triunfal, pela sala. Quem não a conhecer pensará que a mesma foi a grande vencedora das eleições. Foi com certeza a pessoa que mais contribuiu para que as afirmações do Presidente, no que concerne a seriedade, civismo e respeito, não fizessem qualquer sentido.

Ficaram-me nos olhos as ausências dos Vereadores nºs 1 e 3 dos Sociais-democratas. Será que não apareceram por outros afazeres profissionais, tal como justificaram, ou por não quererem dar o prazer aos eleitos Socialista de estarem presentes?

Seja como for tomarão posse na primeira reunião do executivo, se não aparecerem, até lá, novidades de última hora, como as acontecidas com os Vereadores do P.S. em 2009.

Ficou-me também nos olhos, a falta de respeito e até humildade, na hora da derrota, de alguns elementos do PSD que abandonaram a sala na altura do discurso do recém-eleito presidente.

Eu sei, porque no passado sábado o sofri na pele, que os mesmos continuam enfadonhos, insípidos e desprovidos de qualquer substrato. No entanto, protocolo é protocolo e diz o bom senso que o mesmo deve ser cumprido.

Nos meus ouvidos ecoa, ainda, a conversa entre funcionários da autarquia no tocante ao novo horário de trabalho. Diziam eles que o mesmo foi implementado pelo “todo-poderoso” Presidente, sem auscultar ninguém, numa clara atitude de “quero posso e mando”.

Eu por cá continuarei dizendo apenas, e por agora, que isto é só o começo. Sabe Deus o que virá a seguir. Mas coisa boa não o é certamente!


Zé da Esquina

publicado por Zé da Esquina às 23:17
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De Anónimo a 25 de Outubro de 2013 às 11:40
Parece que ontem houveram mosquitos por cordas na reunião do executivo.


De Anónimo a 25 de Outubro de 2013 às 12:58
Esteve lá?


De miranda a 25 de Outubro de 2013 às 14:04
então o que é que se passou?


De Anónimo a 16 de Outubro de 2013 às 12:06
Pois é zé, deixaste de ser imparcial, já ninguém te diz nada.


De Observador a 16 de Outubro de 2013 às 15:40
O Zé da Esquina não precisa de defensor mas vejamos o seguinte:

Autárquicas de 2009 – Autor: Zé da Esquina
«No PSD nada de novo. (…) Quanto aos restantes elementos da lista, na minha opinião, nada vêm acrescentar á vida política castrense. Parece-me uma lista totalmente feita ao sabor do vento e das conveniências politicas(…)»

«No PS continua cabeça de lista o mais “camaleão” da politica castrense. No entanto, quer-me parecer que existem algumas mudanças e até inovações. Boa distribuição geográfica dos candidatos. (…). Em 4º lugar da lista, surge um professor de Mões, creio eu, escolhido estrategicamente para dividir a família PSD daquela localidade. Se é assim, é de louvar a visão política de quem o escolheu. Parece-me á partida, com excepção do dito “camaleão”, uma lista a merecer credibilidade política.»

«Como candidato do CDS/PP surge um verdadeiro “dinossauro” deste partido. È verdade que sempre que foi candidato, e já foram algumas vezes, nunca ganhou nada. No entanto é de louvar a sua persistência e acima de tudo deve ser louvado por nunca ter desistido, nem nunca ter mudado de partido á procura de protagonismo. (…) Os restantes elementos da lista, na minha opinião, foram escolhidos pelo “chefe”, numa atitude evidente de quem, conscientemente, não pensa em ganhar as eleições.»

«Quanto á candidata do PCP/PEV, confesso que, para mim é uma ilustre desconhecida. No entanto sei que é oriunda do Partido Ecologista os Verdes e não terá qualquer peso decisório. (…) Louve-se, no entanto a atitude dos comunistas em constituírem lista nunca virando a cara á luta democrática.»

Autárquicas 2013 – Autor: Zé da Esquina
«Os Socialistas apresentam uma lista com mais do mesmo, ou seja nada de novo. O que já não é de estranhar.»
«O líder constituiu a lista à base de imposição, tendo recorrido à grande maioria dos candidatos de 2009»

«O CDS apresenta como cabeça de lista o actual presidente da Concelhia Castrense o qual, nesse cargo, teve trabalho árduo, mas meritório, para revitalizar o partido, que herdou esfrangalhado.»
«A lista do CDS é, na minha opinião, uma lista a merecer credibilidade e uma oportunidade dos Castrenses»

«Os Sociais-democratas, com uma lista que não me parece ser de primeira escolha, irão fazer pela vida, mesmo sabendo-se que o líder não tem consistência dentro do partido nem conseguirá agregar toda a família PSD, podendo mesmo gerar-se um conflito de interesses partidários entre os candidatos à Camara e os “barões” que fazem parte da lista à Assembleia Municipal.»

«Por último a lista da CDU, que apresenta a mesma candidata de 2009, que valeu ao partido cento e poucos votos, sendo que este ano poderá esse número vir a ser aumentado com os votos dos descontentes do PS e que, eventualmente, poderão querer votar mais à esquerda. Uma candidata mais conhecida do público que nas últimas eleições, pois nos últimos anos além de ter pertencido à Associação de Pais também colaborou de forma eficaz e desinteressada com a loja de beneficência. Louvável a sua atitude e daqueles que compõem a sua lista, mas acima de tudo pela persistência dando desse modo mais uma alternativa a todos aqueles que se preocupam em cumprir o seu dever cívico de votar»

Descubra as diferenças...
É caso de perguntar: onde fundamentam os fundamentalistas dos partidos do interesse, para dizer que o Zé perdeu a imparcialidade????
Já que vamos nisto:
Onde para o professor autor do imparcial blog Ecos do Paiva?
Onde se esconderam os autos do politicamente incorrecto blog TIO JU???
Para onde se refugiaram os autores do modelo de parcialidade DEMOCRACIA CASTRO DAIRE.



De gago a 17 de Outubro de 2013 às 10:09
??? quem é o professor imparcial autor do blog ecos do paiva???


De curioso a 15 de Outubro de 2013 às 19:17
Desculpe-me o amigo zé da esquinas mas há uma coisa que me nada a deixar intrigado. O que é que se passou com o ecos do paiva! cortaram-lhe o pio de vez?? hihihih


De Anónimo a 11 de Outubro de 2013 às 16:30
Em relação aos horários, existem muitas ilegalidades nos mesmos. A seu tempo direi quais e em que setores.


De Anónimo a 16 de Outubro de 2013 às 20:19
Que setores?


De a 11 de Outubro de 2013 às 15:16
Boa tarde, as eleições elegeram quem as pessoas escolheram... mal ou bem, podemos todos ter a nossa opinião. já a campanha da dama de ferro foi uma verdadeira vergonha.
Mas apenas estou aqui para deixar uma dica ao novo executivo que é a seguinte: no hall do primeiro andar dos passos do concelho existe uma fotografia / quadro das Termas do Carvalhal, dado as opções que foram tomadas para aquele lugar por este presidente e companhia, julgo já não se adequar que a mesma esteja naquele lugar e com aquela visibilidade, por isso, sugiro que a dita fotografia / quadro seja substituída por uma nova da Av. Maria Alcina.


De Dr. Zé a 10 de Outubro de 2013 às 22:04
Então Dr. Zé,

parece que está forte em blogs... ou o gordo e o cardoso ficam a tomar conta deste?

Abraço


De Anónimo a 8 de Outubro de 2013 às 20:47
Acredito quie as finanças passem para a camara, assim como o tribunal, a EDP, a loja do cidadão e tudo quanto já fechou ou vai fechar em Castro Daire. Aliás nem sequer são necessários funcionários, pois a capacidade intlectual dos eleitos (7) é suficiente para resolver todos os problemas. Não esquecer que temos sábios em matemática, assistencia social, cultura, finanças, catequese. cantorias de coro, saudações com palmadinhas nas costas, etc.


De Anónimo a 8 de Outubro de 2013 às 16:33
Portugal integra a parte africana da Europa, e C.Daire é o município mais terceiro mundista do país. Ainda se admiram com o fecho das finanças numa localidade que não progride e só deprime? Basta ver os meios dos quais usufruíram (graças a posições privilegiadas de atendimento ao público) para ganharem as eleições.É normalíssimo que os governantes não vejam futuro nesta terra.
No entanto, de todas as instituições públicas presentes em C.daire a menos necessária para o concelho e mais adequada para o encerramento seria a própria câmara municipal (não limpam o concelho além do jardim, têm funcionários excedentários pouco prestáveis e um cidadão é obrigado a deslocar-se várias vezes a essa instituição para resolver o mais mínimo problema, são um buraco na economia etc)


De Anónimo a 8 de Outubro de 2013 às 15:04
Aguardamos para ver o que vão fazer os eleitos quanto ao mais que provável fecho da repartição de finanças de Castro Daire. Ou será que agora depois de eleitos fazem como o tribunal e assobiam para o lado como se nada se passasse?


De Observador a 8 de Outubro de 2013 às 15:27
Eu diria mais...
Vamos ver o que fazem as diversas forças políticas para lutar contra este fecho mais do que inexplicavel, quando olhamos para o elenco das que fecham e das que ficam.


De Anónimo a 8 de Outubro de 2013 às 18:17
A repartição das finanças não vai fechar, simplesmente só vai mudar de sitio, como era antigamente.
Vai para uma secção da camara municipal.


De Anónimo a 8 de Outubro de 2013 às 20:31
Ainda bem para a nossa miss obama para lá colocar funcionários da sua inteira confiança. Esta nossa terra onde só cheira a esgotos merece o melhor


De Observador a 8 de Outubro de 2013 às 11:33
Zé a falta de pudor do PS é por demais conhecida.
Vá lá este ano, pelo que se sabe, quem indo nas listas e não é eleito não passa para o executivo, nem enganaram ninguem fazendo de conta que cumprem a lei da paridade.
Vá lá tambem fugiram às criticas não prometendo nada. Assim não violam a palavra dada.
Já o despudor do PSD estava menos à vista. Mas a falta de educação e de cultura democrática não. Vimos todos como decorreu a campanha.


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. G.A.P.

. TOMADA DE POSSE

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

. CEGUEIRA

. SONDAGENS

. LISTAS DE CANDIDATOS

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim