Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011

RIGOR,ISENÇÃO... ONDE E QUANDO?

Na reunião de Câmara realizada em 12-05-2011,foi presente o seguinte:

“PONTO 05 – CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O ESTABELECIMENTO TERMAL:

Presente á reunião a informação prestada pela técnica superior, Drª Mafalda Pais, do estabelecimento termal, que a seguir se transcreve na integra: As Termas do Carvalhal actualmente encontram-se com 933 Termalistas, um aumento de 509 Termalistas face ao mesmo período de 2010. Tendo em conta o aumento significativo de clientes e a confirmação de novos clientes nos próximos dias/meses (Grupos de Termalismo Sénior – Inatel), solicito a V. Ex.ª a contratação de novos colaboradores para dar resposta ao volume de trabalho programado.

Esta solicitação deve-se ao facto de neste momento já termos esgotados todas as vagas do concurso realizado para esta época termal e o número de funcionários não ser o suficiente.

Analisando o número de funcionários contratados para época termal de 2010,poderá verificar que em 2010 o número de contratos é inferior, deste modo solicito a contratação de mais duas funcionárias na categoria de Hidrobalneoterapia e duas funcionárias na categoria de Fisioterapia e duas funcionárias na categoria de Balneoterapia. Como pode verificar mesmo realizando estes contratos o número de contratos continua a ser inferior ao realizado na época termal de 2010”.

Na reunião da Assembleia Municipal de 21-12-2011, pelo Senhor Presidente da Câmara foi dito o seguinte:

“Este ano o número de clientes termais diminuiu em 368, traduzindo a facturação das Termas do Carvalhal este ano um saldo negativo superior a oitenta e quatro mil euros”.

Desde o principio deste processo que se comentava junto das minhas esquinas que o oficio transcrito no inicio desta postagem tinha sido “imposto” por alguém e que quem o redigiu apenas se limitou a escrever o que lhe mandaram.

No inicio não dei grande crédito a tais dizeres, pensando até tratar-se de alguém com inveja de não ter sido contratado. No entanto, passado cerca de meio ano, eis que o Senhor Presidente da Câmara demonstra com todas as letras a prova cabal de que os dizeres tinham razão de ser.

Ficou, na última reunião da Assembleia, demonstrado o porquê da “necessidade” de mais contratações para o balneário termal.

“Irei, a partir de agora, exigir isenção, rigor, competência na admissão de pessoal para o município ou para a promoção dos seus funcionários”

Estas palavras foram proferidas pelo actual Presidente da Câmara no seu discurso de tomada de posse no dia 3 de Novembro de 2009.

O que se passou na reunião da Assembleia Municipal é apenas uma pequena amostra do “normal” funcionamento do executivo Camarário e demonstra todo o seu rigor e isenção, mas acima de tudo a competência de quem gere, ou deveria gerir, os nossos destinos.

Em cá continuarei na minha esquina, prometendo apenas ausentar-me pelo tempo estritamente necessário com o objectivo de tentar arranjar um dicionário da nova geração, pois quer-me parecer que os que tenho na minha biblioteca não contêm a definição correcta das palavras rigor e isenção.

 

Zé da Esquina

publicado por Zé da Esquina às 22:24
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De Anónimo a 22 de Janeiro de 2012 às 14:47
E muito fácil andar a quebra esquinas;trabalhar e poupar já não e fácil; criticar e canja; mas era bom que critica fosse mais acertiva nas escolhas a criticar; e que o presidente da camara não lhe tem faltado que fazer para tapar os buracos deixados pelo anterior executivo; alias um dos grandes buracos esta a cargo da justiça sendo que consiste na utilização dos fundos do município para promoção pessoal partidária. Chega de hipocrisia. A assembleia municipal vai prosseguir o seu trabalho de rigor e alheia as exacerbadas criticas certa e segura de que vozes de burro não chegam ao céu . Albino ramos .


De Simões a 24 de Janeiro de 2012 às 11:29
E o empréstimo foi votado de favor ou não? E compensa o desastre das Termas, ou é para encerrarem dentro de algum tempo? Não têm vergonha do concurso que fizeram nem do ridículo a que epõem o concelho diante de pessoas que são de fora? Ouçam mais e corrijam! Deixem de se preocupar tanto com os amigos do partido e familia e olhem para todos de igual!


De ARRE! a 3 de Janeiro de 2012 às 23:23
Depois de observar bem e analisar o funcionamento da Câmara Municipal de Castro Daire, acho que deviam actualizar a página da internet no que se refere ao executivo municipal e respectivas competências.
Facilitando o trabalho podem copiar o seguinte:

Presidente da Câmara
Coveiro
e-mail: presidentecoveiromandoeu@cm-castrodaire.pt

Competências:

Destruição= melhor impossível
Pessoal = só para benefício do próprio
Protecção Civil = Cada Munícipe está por conta própria
Obras/Empreitadas = desnecessárias só as que defendam interesses do presidente, obras de vingança
Segurança = só para aumentar o texto
Administração Geral = Ou é o que quer e lhe interessa ou nada feito
Relações Publicas = Baixo Nível, qualquer animal irracional consegue fazer melhor
Cooperação Externa = impossível quando há ditadura

Vice-Presidente
Luís Paiva Lemos
e-mail: vicepresidenteasvezes@cm-castrodaire.pt

Competências
Desenvolvimento e Qualidade de Vida das Freguesias
Cultura = colaboração só com a banda de Castro Daire
Desporto = só futebol
Obras / Administração Directa
Urbanismo



Vereador
Dr. Rui Manuel P. Braguês

e-mail: naofaçonadanaoquerochateareurico@cm-castrodaire.pt

Competências
Nenhumas


Vereador substituído por:
Vereadora BEL, Coveiro, elemento MIC

e-mail: cumproordensdocoveiro.Bel@cm-castrodaire.pt
Competências:
Ambiente = abate e devastação
Indústria, Comércio e Serviços = colaboração na desertificação e aumento do desemprego
Patrimonio e Finanças =Buraco




De Anónimo a 31 de Dezembro de 2011 às 00:14
Em 4 anos vão fazer mais asneiras que todos os outros em 33. Felizmente que já só faltam 2 anos,senão até o edificio da camara empenhavam.


De Anónimo a 30 de Dezembro de 2011 às 19:03
Estive até agora á espera que colocassem na página da Câmara fotos da ceia de natal dos funcionários. Mas já passaram 8 dias e nada. Devem ter vergonha de as lá colocar,tamanha foi a barracada. Por aí se viu o apoio que os trabalhadores dão ao Carneiro. Ainda ele e a esposa dizem que têm apoio dos funcionários. Têm apenas de 1 e enquanto for ele a mandar e sdesmandar. Os outros sentem-se desprezados por ele.


De ano novo a 1 de Janeiro de 2012 às 11:38
Pelo que ouvi dizer a ceia de natal da camara teve 30 pessoas (os politicos e as respectivas, os chefes de divisão porque foram obrigados e a comissão organizadora). Este carneiro esta a ficar sem qualquer apoio dentro da camara. Pelo que tambem me disseram no ano passado foram mais de 400 pessoas(também me parece muito). Oh carneiro, acorda para a vida e poe-te a andar. Ninguém te grama!


De Ora Viva! a 1 de Janeiro de 2012 às 13:37
E ouviu bem!
Só não lhe contaram tudo. Este ano e pela primeira vez, como já se previa um grande abaixamento das tropas o pessoal das termas foi convidado a juntar-se ao farrancho. Quando este grupo, quase na sua totalidade pessoal temporário, fazia a sua própria ceia aparecia sempre a quase totalidade, até porque eram convidadas as funcionárias que tinham terminado o contrato nesse ano. Nesta últim ceia … pasme-se! Das contratadas apareceram duas ou três! Apareceram as que tiveram medo de perder próximos concursos.
Assim vai o ambiente pela Câmara!...
Já agora posso esclarece-lo que quatrocentas pessoas (entre funcionários e famílias), em anos anteriores, não é assim um exagero tão grande.


De Anónimo a 30 de Dezembro de 2011 às 16:20
Que bosta andaram a fazer na rua do retiro? Para fazer aquilo estavam quietos e não gastavam dinheiro! Acho que o Presidente Carneiro quando for á igreja bater com a mão no peito e dizer amen,deve escolher outra rua para passar,ou então levar com ele o engenheiro e bater-lhe 10 vezes com uma coisa que eu agora não dito naquela porcaria de paralelos que lá colocaram.


De Anónimo a 28 de Dezembro de 2011 às 16:37
Tudo o que o Ecos diz é pura da verdade, mas isto tem de acabar! É uma falta de respeito e uma pouca vergonha, mas ainda (e sempre) a proposito das velas acesas e faixa colocada (Basta de Destruição) colocadas no retiro no fim de semana Natalício, a Câmara mandou retira-las na segunda feira de manhã (10h), deslocando-se ao local uma carrinha , um motorista e um ajudante, pouca coisa para tanta mercadoria, não havia mais nada para fazer? E mais, não tinha sido cometida nenhuma irregularidade, essa foi feita pelos Sr. Vareador e Eng. Ambiental (que um dia hão de prestar contas aos Castrenses).
Então esses funcionários Camarários, a mando sabe-se lá de quem (ou sabe) armaram-se em Inspectores da PJ em vez de andarem a perguntar quem foram os autores da proeza, deviam ter perguntado na Câmara quem foram os Energumes que autorizaram o abatimento das árvores.



De anonimo a 28 de Dezembro de 2011 às 18:32

Agora já entendi porque que é que a rua onde moro ( Av. 25 de Abril) não foi limpa depois da feira,tal não acontecia já há muito tempo,pois andavam ocupados a fazer de inspectores da PIDE. Já há umas semanas noto tambem que o estaleiro da câmara voltou a encher-se de pessoal, onde passam o dia sem fazer nada, coisa que não acontecia há muito tempo! O chefe de pessoaljá não é o mesmo? O Presidente Engenheiro Ernesto ordenou que fosse outro para controlar melhor tudo?


De EU a 29 de Dezembro de 2011 às 18:58
O Chefe do pessoal ( atualmente) é o protegido do Eng. Coveiro, e do Presidente,ou seja dos dois presidentes, do eleito e do efectivo.
Por isso se vê o funcionamento do pessoal que se encontra no estaleiro(armazém).
"EM TERRA DE CEGO QUEM TEM OLHO É REI "
O culpado é quem deixa que tudo isto aconteça e não faz nada para impedir......


De joao a 29 de Dezembro de 2011 às 23:47
Então o Presidente Engenheiro Ernesto mandou o chefe de pessoal que la estáva embora ?


De Curto e Grosso a 30 de Dezembro de 2011 às 22:39
Quanta estupidez e cegueira!


De Ramiro a 4 de Janeiro de 2012 às 18:16
Nao se pode chamar chefe de pessoal porque esse cargo nao existe.
Fez agora um ano que cancelaram um concurso para encarregado operacional e outro para encarregado geral porque nenhum dos candidatos era "afilhado" do Presidente de Bigorne e o to'to' do Prefeito Fernando, vai na conversa.
Castro Daire so' tem o que merece.


De Anónima a 28 de Dezembro de 2011 às 15:27
Em alguns países ditos desenvolvidos, como a França, ou a Alemanha, ou a Suiça, os Centros Termais funcionam com números reduzidos de funcionários. Há centros que funcionam com rácios de 2500 a 5000 aquistas por funcionário/ano. Aqui contratam-se dezenas de funcionários para atender meia dúzia de aquistas por dia.... VERGONHOSO.


De Curto e Grosso a 30 de Dezembro de 2011 às 22:43
Quem fala assim não é gago.


De Josué a 28 de Dezembro de 2011 às 12:15
Tanta critica ao Presidente da Câmra para quê? A unica culpa dele é deixar-se manipular pelo engenheiro.


De Veveno a 1 de Janeiro de 2012 às 12:14
Tanta critica ao engenheiro (qual?) para quê? A culpa é do presidente que não tem palavra e não o pôs a andar, como prometeu em campanha!


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

. CEGUEIRA

. SONDAGENS

. LISTAS DE CANDIDATOS

. CANDIDATOS

. AVANÇAMOS OU CONTINUAMOS ...

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim