Sábado, 12 de Junho de 2010

CÂMARA vs GOVERNO - Quem vai decidir ?

Na página electrónica do Município de Castro Daire, em http://www.cm-castrodaire.pt/, o Senhor Presidente da Câmara, sobre o encerramento das escolas do 1º Ciclo pertencentes ao município, vem esclarecer o seguinte:

“É minha intenção manter abertas todas as escolas em funcionamento para o próximo ano lectivo de 2010/2011,e não medirei esforços nesse sentido.

Esta posição justifica-se pelo facto de estarmos em processo de análise das candidaturas para a construção de 4 Centros Escolares contemplados pela nossa carta educativa, os quais prevemos ter em funcionamento no ano lectivo 2011/2012.

Face a esta realidade, a reestruturação da nova rede escolar do Município de Castro Daire será realizada nessa altura, não fazendo sentido operar uma reestruturação por um período de apenas um ano lectivo quando se prevê a abertura dos Centros Escolares para 2011/2012.

Refiro ainda que esta minha posição já foi exposta e defendida junta da Directora da Direcção regional da Educação do centro”.

Por um lado convém salientar que, embora seja convicção do senhor Presidente, dificilmente os Centros Escolares estarão prontos a receber alunos em Setembro de 2011.

Ainda a referir que, segundo as vozes que se vão fazendo ouvir, muito presumivelmente dos quatro Centros Escolares previstos só um deles será realidade.

Diga-se em abono da verdade, que construir um Centro escolar no Carvalhal, só se poderá compreender por motivos políticos, pois nada justifica tal investimento, sabendo-se que Carvalhal dista de Castro Daire e de Mões cerca de dez quilómetros. Justificar-se-ía muito mais, a sua abertura, numa das freguesias do norte do Concelho.

Fala-se também na criação de mega agrupamentos escolares, o que no fundo vem contrariar a ideia defendida pelo executivo e ao mesmo tempo dar razão às ditas vozes, pois a ser assim para quê os Centros Escolares?

O que importa salientar é que cumprindo-se a ordem do Ministério da Educação de encerrar as Escolas com menos de 21 alunos, no Concelho de Castro Daire, poucas ficarão com as portas abertas.

Aguardaremos para ver estas e outras situações as quais, cada vez mais, o Governo da Nação diz uma coisa hoje e outra amanhã, mas são medidas típicas do poder central que em situações como a saúde e a educação, está mais que evidente, que não conhece a realidade do País, neste caso concreto, o Concelho de Castro Daire.

Eu, cá ficarei, na minha esquina, atento ao que se irá passar no Município, mas muito céptico em relação á construção dos tais Centros Escolares e de outras promessas feitas em campanha eleitoral.

 

Zé da Esquina

publicado por Zé da Esquina às 20:35
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De sem saber a 25 de Junho de 2010 às 09:23
Está na hora do querido zé se explicar por que motivo nao publicou comentários de algumas pessoas, uma vez que acaba por permitir a publicação de comentarios a questionar a ausencia de publicação dos que alegadamente foram censurados.
Cá para mim estou quase certo que os nao publicados extavazam o limiar da razoabilidade e da educação, afirmando coisas que, por falta de elementos de prova, nao podem ser publicadas.
Nao acredito na censura por parte do Zé.
Mas sem explicaçoes ficamos todos sem saber, não é?


De Nemesio a 24 de Junho de 2010 às 22:25
Meus amigos tenham em conta o que disse o Sr presidente e que foi utilizado para o texto inicial.

Se alguém tiver duvidas lembre-se que quem manda em Castro Daire é o Carneiro.

Vamos com calma.


De Sem Saber a 25 de Junho de 2010 às 09:17
Caro Nemésio:
Será mesmo o Carneiro quem manda em Castro Daire?
Ou será que são (sempre foram) outros quem manda?
É que com tanta coisa que ´por aí se ouve e vislumbra, fico sem saber quem manda efectivamente.
E no caso dos centros escolares duvidas não tenho: quem manda é Lisboa.


De anónimo a 24 de Junho de 2010 às 22:24
já voltei a escrever os mesmos comentário e ainda não forma publicados. Uma vergonha...


De Anónimo a 24 de Junho de 2010 às 22:15
Ou muito me engano ou o Zé da Esquina deve andar à procura de arranjar emprego na Câmara. Só publica comentários que não sejam contra o Presidente ou Vereadores. Ando a achar isso muito estranho para quem se dizia imparcial.


De anónimo a 22 de Junho de 2010 às 21:16
Já por 2 vezes escrevi 2 comentários que ainda não forma publicados, 1 sobre a reunião da comissão de pais e oiutro sobre uma viatura abandonada. Será que não passaram na censura?


De censurado a 23 de Junho de 2010 às 12:05
Eu também já escevi 2 comentários que não foram apresentados no blog. Claro, nenhum deles era favoravel ao actual executivo. Eles compram tudo.. Os tentáculos do polvo alcançam tudo!!


De João a 22 de Junho de 2010 às 20:23
Aquilo que se está a passar com a carta educativa è igual a tudo o que se passa na câmara. Daqui a 4 anos eles vêm embora e ainda andam a restruturar os serviços. Covém dar a sensação que se está a trabalhar.


De Avé CDR a 22 de Junho de 2010 às 19:19
Caro Zé:

Sou confessadamente, um dos que não percebe as alterações que se pretende fazer em sede de educação, em Castro Daire.

Mas também sou um dos que nada pode saber sobre o assunto.

É que, desde o tempo do PSD se estivermos atentos aos meios de informação da Camara, nada é dito sobe o conteudo da carta educativa aprovada.

Apenas isto é dito isto nas fontes de informação que consulto:
«A Carta Educativa é, a nível municipal, o instrumento de planeamento e ordenamento prospectivo de edifícios e equipamentos educativos a localizar no concelho, tendo em vista a melhor utilização dos recursos educativos, no quadro de desenvolvimento sócio-económico de cada município.

É o reflexo a nível municipal, do ordenamento da rede de ofertas de educação e formação que inclui ainda uma análise prospectiva fixando objectivos de ordenamento progressivo. (Decreto-lei nº. 7/2003, de 15 de Janeiro) A Carta Educativa do concelho de Castro Daire encontra-se homologada pelo Ministério da Educação estando, neste momento, em fase de revisão.»

Que revisão é esta?
Que organização/principios organizativos foram aprovados?
Como posso eu opinar sobre algo que não conheço / sou informado?

Resta-nos as criticas aos fechos cegos das escolas, 1º com - de 10 alunos, agora com - de 21 alunos.

E fechos cegos, principalmente porque nao tem em conta as caracteristicas dos municipios em que se incluem.

E sempre feitos sem que qualquer pessoa (cidadão ou autarca) possa vir fazer seja lá o que for.

Veha depressa a regionalização...


De Desgraçado a 26 de Junho de 2010 às 00:01
Bota mais um tinto para curar a ressaca ao Avé.
A imbecilidade leva-nos a dizer as asneiras que nos vem à cabeça. A carta educativa não existe. A filosofia politica de 2003 já não existe. Por consequência a carta também não. A carta previa três agrupamentos. Já saiu no DR a fusão de três em um. Nada resiste à crise económica. O ensino em Castro Daire com três agrupamentos, para além de despesista, era ingovernável, dada a falta de qualidade dos intervenientes.


De Avé CDR a 26 de Junho de 2010 às 09:53
Estranhas palavras as deste Desgraçado.
Primeiro há falta de melhor surge o insulto, uma desgraça!!!

Depois esqueceu-se que o meu comentário apenas utiliza a palavras do proprio Municipio.
Será pois mentira o que hoje ainda é veiculado no site do município de Castro Daire? sim porque as referencias minhas a 2003, mais nao são que copy paste do que ali é dito em relação á Carta Educativa.
Será pois mentira que o Sr. Presidente ainda fala em 4 centros escolares?
Será a actual qualidade dos intevenientes (seja a que titulo for) melhor que no passado se nos ocuparmos de só um agrupamento?
Tem razão, bota mais um tinto, para ver se se continua a adormecer o desgraçado do castrense...
É a vida, como dizia o outro...


De João a 19 de Junho de 2010 às 14:39
Em Castro daire também já se sabe o que vai acontecer. Vai passar a haver só um agrupamento,vão passar a existir aulas só até ao 6º ano na escola dos Braços e vai fechar a escola primária da vila e os alunos passam para os Braços.


De Talvez a 20 de Junho de 2010 às 19:24
Eu penso que não sabes bem do que falas, se calhar devias -te dedicar à industria do "nabo".


De Castrense verdadeiro a 31 de Julho de 2010 às 18:13
A seu tempo veremos quem é o verdadeiro nabo, pois muitas das promessa do actual Executivo já começaram a caír, veja~-se o exemplo do Centro Escolar do Carvalhal, do Centro Escolar de Mões,do Lar de Idosos em Mões, da "excelente" relação com Bombeiros, da afirmação"com a minha assinatura nenhuma Escola no Concelho encerrará" da promessa velada de que o Mega Agrupamento não será uma realidade, ainda , para este ano, com um ar de quem sabe mais alguma coisa e afinal nada sabia. Por este andar as promessas serão isso mesmo promessas.............


De Incrédulo a 19 de Junho de 2010 às 12:25
"Apesar de ainda não se saber que agrupamentos vão ser fundidos e que escolas vão fechar, Mário Nogueira adiantou que este processo já está em curso em Castro Daire e São Pedro do Sul, sendo que neste último já se sabe quem ficará à frente do único agrupamento do concelho e em Mangualde, «onde já foram tomadas decisões»."
Afinal, já há alguma decisão, só não foi dada a conhecer ao povão. É melhor manter o povão ignorante, porque um povo ignorante é muito útil politicamente.


De Rui a 18 de Junho de 2010 às 11:05

Discutir o quê?
Parece que estamos em tempo de ditadura. Que decidam com os seus próprios botões. Mais vale partir para outra terra ou até outro País. " Feliz daquele que não segue as palavras do Partido." Infelizes os que cegamente seguem o partido( governo).


Comentar post

contador de visitas
online

.Calendário

.Posts Editados

. G.A.P.

. TOMADA DE POSSE

. O POVO DECIDIU. DEMOCRACI...

. ELEIÇÕES AUTARQUICAS 2017...

. FIM DA DITADURA

. SONDAGENS (RESULTADOS)

. TEMOS PENA

. CEGUEIRA

. SONDAGENS

. LISTAS DE CANDIDATOS

.Arquivo

.Farmácias de Serviço

blogs SAPO

.subscrever feeds

.mais sobre mim